O que fazer no Centro do Rio de janeiro

Curioso (a) para saber o que fazer no Centro do Rio de Janeiro? 

Neste post você vai conhecer os pontos que consideramos essenciais, além de dicas de restaurantes e hotéis desse bairro que é um verdadeiro museu a céu aberto (afinal, são quase 5 séculos de vida!) e o berço da boemia carioca.

Embora a maior parte dos turistas só passe por ele para desembarcar na rodoviária/aeroporto e partir para outros pontos da cidade, vale a pena dar uma atenção ao Centro do Rio.

Nele, você encontra muitos prédios históricos e igrejas que remontam à época do Império, além de atrações animadíssimas, como rodas de samba, cafés charmosos, bares cheios de agito e até uma roda-gigante para quem quer se divertir.

Por fim, saiba que mesmo não sendo um bairro tão procurado por turistas que visitam a Cidade Maravilhosa, há hospedagens ótimas, com preços em conta e perto de tudo, portanto, é uma boa se hospedar por lá.

Animou? Então, continue lendo para descobrir todos os detalhes! 

icone rio

Por que visitar o Centro do Rio

fachada de teatro municipal, uma atração interessante para quem busca o que fazer no centro do rio de janeiro
Foto: Mauro Lima on Unsplash

Aqui vão alguns motivos que vão fazer você se encantar pelo Centro do Rio:

  • O primeiro motivo é que quase todas as ruas possuem pontos históricos importantes que vão te ajudar a descobrir mais da história do Brasil. 
  • Em segundo, o Centro do Rio conta com diversos museus e centros culturais interessantes para quem gosta de arte, teatro, cinema e fotografia. 
  • Em terceiro, estando por aqui, você estará em uma localização super privilegiada, perto da rodoviária/aeroporto e dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro.
  • Um outro ponto é que, além de possuir bares animados, o Centro está coladinho com um dos bairros mais agitados do Rio: a Lapa. Perfeito para quem ama curtir a noite!
  • Por último, mas não menos importante: hotéis, restaurantes e bares são mais baratos por aqui e a maioria das atrações são gratuitas. 

Onde fica

Como já diz seu próprio nome, o Centro fica na Zona Central do Rio de Janeiro, assim como Lapa, São Cristóvão e Santa Teresa, bairros que oferecem muitas atrações interessantes.

Ainda no Centro, estão localizados o aeroporto Santos Dumont e a Rodoviária Novo Rio e muitos bairros da Zona Sul, como Glória, Flamengo e Laranjeiras, podem ser alcançados facilmente numa caminhada ou de bicicleta. 

Por fim, saiba que, estando na região, não será difícil chegar às praias e outros pontos turísticos da Cidade Maravilhosa, já que, além de estar próximo, o bairro tem várias opções de transporte público como ônibus, trem e metrô.

O que fazer no Centro do Rio - as melhores atrações

1. Passe o dia no Boulevard Olímpico

painel colorido, chamado de Mural Etnias, localizado no Boulevard Olímpico, uma atração interessante para quem busca o que fazer no centro do rio de janeiro
Foto: Buzancar (Photo), CC BY-SA 4.0

Em primeiro, na nossa lista sobre o que fazer no Centro do Rio de Janeiro, está o Boulevard Olímpico que é um calçadão às margens da Baía de Guanabara e uma dos pontos turísticos mais recentes do bairro.

Nele, estão atrações conhecidas da cidade como: o Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio, Rio Star e o Mural Etnias, um painel com 15 metros de altura e 170 metros de comprimento super colorido que rende altas fotos.

No total, a área tem cerca de 3,5 km e é um ótimo lugar para quem ama passear ao ar livre! Por toda sua extensão, você pode caminhar, alugar uma bicicleta, andar de patins, patinete e skate. 

Dicas:
  • Caso não queira gastar muita energia, pode ficar na praça principal, conhecida como Praça Mauá, lá há bancos e mesas, um gramado em que é possível fazer piquenique e muitas barraquinhas que vendem lanches, pipoca, sorvetes e bebidas, como drinks, cervejas e água de coco.
  • Caso queira almoçar/lanchar pela região, recomendo o Flórida Bar e Restaurante, que fica na Praça Mauá, nele você encontra comida, pizza, sanduíches e cerveja gelada por um bom preço. Endereço: Praça Mauá, 9 – Centro, Rio de Janeiro.

2. Dê uma volta na Rio Star

VLT, passa em trilhos, ao entardecer. Ao fundo, há a Rio Start, uma roda gigante que é uma atração interessante para quem busca o que fazer no centro do rio de janeiro
Foto: Shutterstock

Também no Boulevard Olímpico, está a Rio Star, uma das maiores rodas gigantes da América Latina, que merece uma descrição à parte!

Para começar, ela tem nada mais, nada menos que 88 metros de altura e, por isso, apesar de ter inaugurado recentemente (2019) já se tornou um cartão postal da cidade.

A volta completa dura cerca de 20 minutos e dela você poderá ter uma vista privilegiada de lugares famosos como o Pão de Açúcar, Cristo Redentor, o Relógio da Central do Brasil, a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niterói, a Cidade do Samba e o Museu do Amanhã.

Dicas:
    • A primeira dica, é que você compre seu ingresso online, pois costuma sair mais barato do que na bilheteria local.
    • E a segunda, é que antes da compra, você não esqueça de verificar o horário de funcionamento atualizado pelo site oficial.

3. Faça um passeio até a Ilha Fiscal

Castelo verde, sob céu azul, localizado na Ilha Fiscal, no Rio de Janeiro
Foto: Halley Pacheco de Oliveira, CC BY-SA 3.0

Em terceiro na nossa lista sobre o que fazer no Centro do Rio de Janeiro, está o cenário do chamado “Último Baile do Império”, a Ilha Fiscal.

Ela foi inaugurada como uma forma de recuperar a glória da monarquia no Brasil, porém, a tentativa não deu tão certo. 

Alguns dias após o baile, a República foi proclamada no país e deixou este castelo extravagante sem utilização por anos.

Mas atualmente, o lugar é um museu administrado pela Marinha, e pode ser visitado diariamente. Nela, você vai encontrar um lindo palacete, que parece um cenário de filme de princesas!

Para chegar lá, você vai fazer um passeio com a escuna Nogueira da Gama, que sai da Orla Conde, no Boulevard Olímpico, acompanhado de um guia.

Durante a visita guiada, que é como uma aula de história (se você fugia dessas aulas, melhor não ir!), além de observar a arquitetura do lugar, você vai ouvir sobre a Segunda Guerra Mundial, a Proclamação da República, e por aí vai…

Informações práticas:

Para informações sobre o ingresso e horário, acesse o site oficial.

4. Visite um dos museus

Há muito o que fazer no Centro do Rio de Janeiro, mas com certeza, um dos principais atrativos da região são os museus. Por isso, recomendo que você visite pelo menos algum desses:

Museu do Amanhã 

vista aérea de Praça da Mauá, durante o dia, onde há o Museu do Amanhã, uma atração interessante para quem busca o que fazer no centro do rio de janeiro
Foto: Shutterstock

Primeiramente, vale a pena conhecer esse museu caso você esteja no Boulevard Olímpico, já que ele fica localizado na Praça Mauá. De cara, a arquitetura diferenciada dele vai te chamar atenção.

Diferente dos outros museus, ele é novo no bairro, e não fala sobre o passado e, sim, busca refletir sobre o amanhã, como o próprio nome diz!

Sabe aquelas questões como “de onde viemos?” ou “para onde vamos?”, é sobre isso! Então, prepare-se, pois sua mente vai fazer aquele BUM em alguns momentos.

Informações práticas:

Você pode comprar seu ingresso online.  E, se você for carioca, paga meia-entrada!

Museu de Arte do Rio 

Em segundo, também na Praça Mauá, está esse museu conhecido como MAR, que costuma receber obras de artistas consagrados, como Aleijadinho, Tarsila do Amaral, Guignard e Pancetti. 

Depois das exposições, recomendo que você vá até o último andar, onde há o terraço do MAR, que tem uma vista maneiríssima de todo o Centro do Rio de Janeiro!

Informações práticas:

Confira as exposições atuais e compre seu ingresso no site oficial. Cariocas e moradores do Rio também pagam meia-entrada por aqui.

Museu Naval: 

Já este museu, está localizado na Praça XV, pertinho da Praça Mauá (dá para ir andando), e conta a história do Poder Naval no Brasil.

 

Nele, você encontra obras de arte, canhões resgatados de navios naufragados, figuras de proa, medalhas e documentos históricos.

Informações práticas:

A entrada desse museu é gratuita! Para conferir o horário de funcionamento atualizado, acesse o site oficial.

fachada de Museu Nacional de Belas Artes, no Centro do Rio de Janeiro
Foto: Dornicke, CC BY-SA 4.0

Museu Nacional de Belas Artes

Por último, vale a pena visitar esse museu criado em 1937, que é um dos mais bonitos do Centro do Rio de Janeiro, localizado na Avenida Rio Branco, uma das principais do bairro.

Ele guarda a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século 19. São mais de cem mil itens entre pinturas, desenhos, esculturas, documentos e livros!

Informações práticas:

O ingresso deve ser comprado na bilheteria local. Para conferir o preço e o horário de funcionamento, acesse o site oficial

5. Conheça atrações históricas

O Centro do Rio por si só já é uma grande atração histórica, já que por praticamente todas as ruas você vai encontrar construções antigas que te levarão ao passado. No entanto, há alguns pontos imperdíveis, como:

Arco do teles

Pessoas caminham durante o dia em rua onde há o Arco do teles
Foto: Filipo Tardim, CC BY-SA 4.0

Primeiro, vale a pena conhecer o Arco do Teles que é um marco arquitetônico na história da cidade, rodeado de construções da mesma época. 

 

Ele foi construído no século XVIII, e hoje é um point para tirar ótimas fotos!

 

Também vale passar por lá para se divertir, pois há diversos bares e restaurantes com música ao vivo, cerveja gelada e bons petiscos.

 

Endereço do Arco: Praça Quinze de Novembro, 34 A – Centro, Rio de Janeiro – RJ

Cais do valongo 

Já este ponto fica no pequeno bairro da Saúde, que se confunde com o Centro do Rio de Janeiro, e está próximo do Boulevard Olímpico (dá para ir andando). 

O lugar remete a um dos mais graves crimes contra a humanidade, já que foi o principal porto de entrada de africanos escravizados no Brasil e nas Américas. Por isso, em 2017, foi considerado Patrimônio Histórico da Humanidade. 

Além disso, em seu entorno, ficam alguns pontos que você também pode visitar como:

  • Jardim Suspenso do Valongo (com linda vista da cidade)
  • Espaço Cultural Pequena África
  • Espaço Cultural Casa da Tia Ciata
  • Centro Cultural Municipal José Bonifácio
  • Cemitério dos Pretos Novos

Alguns desses pontos fazem parte do Circuito da Herança Africana, formado por pontos que remetem a vida dos africanos e seus descendentes na Região Portuária do Rio de Janeiro. Para saber mais detalhes desse circuito acesse o site do Porto Maravilha.

Informações práticas:

É possível visitar o lugar em qualquer horário ou dia, mas, no segundo sábado do mês de julho, acontece a lavagem do Cais do Valongo, uma celebração à ancestralidade dos afro-brasileiros e um ato de respeito.

Endereço do Cais: Av. Barão de Tefé – Saúde

Dica:

Aproveite que estará por lá e almoce no Angu do Gomes ou prove petiscos na Casa Porto. 

Endereço Angu do Gomes: R. Sacadura Cabral, 75 – Saúde

Endereço Casa Porto: Largo São Francisco da Prainha, 4 – Saúde

Paço imperial

fachada de Paço imperial, uma atração interessante para quem busca o que fazer no centro do rio de janeiro
Foto: Carlos Luis M C da Cruz, CC BY-SA 3.0

Um outro lugar imperdível, é o Paço Imperial, um edifício histórico, construído em 1743, que já foi casa dos Vice-Reis do Brasil, sede dos governos do Reinado e do Império e também o local onde a Princesa Isabel sancionou a Lei Áurea, em 1888, abolindo a escravatura no Brasil.

Em 1938, ele foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e hoje funciona como um centro cultural, onde há exposições de arte incríveis e gratuitas. 

 

Para completar, há no local um Bistrô acolhedor, que vende queijo, vinho, bolos, tortas e cafés maravilhosos!