15 melhores parques do Rio de Janeiro

Quer um lugar sossegado para um piquenique? Praticar um esporte cercado por muito verde? Ou levar a criançada para se divertir? Pode ficar tranquilo (a) que, neste texto com os 15 melhores parques no Rio de Janeiro, você vai encontrar!

Da zona norte à zona sul, há inúmeros parques, todos com belas paisagens, compostas por árvores, flores, lagos e grutas, e que são o lar de muitos pássaros, macacos, peixes, jacarés e outros animais. Cada um desses parques reserva uma beleza única e merece ser explorado com calma! 

Para completar, a maioria deles é gratuita (apenas um dessa lista não é!) e pode ser facilmente acessado utilizando o transporte público.

icone rio

Animou? Então, é só conferir nossa lista abaixo!

Parques no Rio de Janeiro: Zona Sul

1. Aterro do Flamengo

vista aérea de árvores em Aterro do Flamengo, mar e morro da Urca ao fundo
Foto: Motta Produções on Unsplash

O Aterro do Flamengo é um dos grandes parques do Rio de Janeiro, que se estende do Centro até o início da praia de Botafogo, passando pelos bairros da Glória e do Flamengo.

Dele, se tem uma bela vista de pontos turísticos famosos do Rio de Janeiro, como o Pão de Açúcar e o Morro da Urca, e não faltam espaços para fazer piqueniques, caminhar, andar de bicicleta ou jogar futebol, tênis, vôlei e basquete em uma das quadras esportivas. Por conta da linda paisagem, é um dos preferidos para ensaio de fotos!

O parque também abriga o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, que tem exposições de artes, filmes e eventos culturais. Para conferir a programação atual, acesse o site oficial do MAM.

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, s/n – Parque do Flamengo

Como chegar: A melhor opção é de metrô, basta descer na estação da Glória ou Largo do Machado e caminhar cerca de 10 minutos até o Parque.

Ideal para: Praticar esportes, observar a natureza, tirar fotos, fazer piqueniques.

Infraestrutura: Apenas no MAM, há barraquinhas para comprar comidas/bebidas e banheiros.

Informações úteis: Apesar de estar aberto 24 horas, recomendo visitar este parque somente durante o dia, pois não é um dos lugares mais seguros do Rio.

Minha dica é que você faça o seu passeio domingo de 7h até 18h, que é quando as pistas localizadas em frente ao parque ficam livre de carros e dá para caminhar, correr e andar de bicicleta livremente. 

2. Parque Lage

palacete cercado de árvores no Parque Lage, um dos parques no rio de janeiro para passeio
Foto: Gabriel Santos on Unsplash

Aos pés do morro do Corcovado, está o Parque Lage, que é considerado patrimônio histórico e cultural, e abriga um palácio que é um dos mais belos cartões postais arquitetônicos da cidade!

No casarão, há um pátio com piscina (nada de mergulho!) e o Plage Café, um bistrô que oferece lanches, como o sanduíche da horta (legumes assados e pesto no pão australiano), cafés e drinks. Só acessar o cardápio do Plage para conferir os preços.

Já no jardim de um dos melhores parques do Rio de Janeiro, há uma natureza rica, com diferentes tipos de plantas, árvores e flores, quedas d’águas, grutas e lagos, além de trilhas para caminhadas ecológicas, uma delas levando até o Cristo Redentor!

Endereço: R. Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico

Como chegar: Para quem vai utilizar o transporte público, a melhor alternativa é o metrô. É só descer em Botafogo e fazer integração com o Metrô na Superfície, que fica em frente a estação. Dele, você vai para a estação Hospital da Lagoa e, de lá, caminha até o número 414.

Ideal para: Fazer piqueniques, trilhas, observar a natureza. 

Infraestrutura: Há banheiros.

Informações úteis: O parque é gratuito e funciona todos os dias de 9h às 17h.

3. Jardim Botânico

Bárbara Rocha, vestindo uma blusa laranja, sorri de cabeça erguida. Ao fundo, há o corredor de palmeiras imperiais do Jardim Botânico, um dos melhores passeios do rj
Foto: Vagner Alcantelado

Pertinho do Parque Lage, está o Jardim Botânico, um dos mais belos parques no Rio de Janeiro, que está entre os mais importantes do mundo! Criado por Dom João em 1808, ele é lar de bromélias, samambaias, uma linda sumaúma com uns 43 metros, e de diversos bichinhos. 

Aqui, você vai poder respirar um ar puro, conhecer melhor espécies botânicas nacionais e internacionais, passear por estufas, como a de orquídeas, e visitar a casa dos pilões e o museu meio ambiente, ambos com exposições interessantes.

Outro ponto legal é que, recentemente (setembro/2021), o local estreou a opção de visita noturna, para que os visitantes possam passear com um guia após o pôr do sol. A ideia é ter uma experiência diferenciada em relação aos sons e aromas! Para conferir mais detalhes, acesse o site oficial do Jardim Botânico.

Endereço: R. Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico

Como chegar: O Jardim Botânico fica pertinho do Parque Lage, então, o caminho é quase o mesmo e você pode conhecer os dois no mesmo dia! Pegue o metrô, desça na estação Botafogo e, logo em frente, pegue o Metrô na Superfície (sentido Gávea) e saia na estação Jardim Botânico. 

Ideal para: Fazer piquenique, observar a natureza, conferir exposições.

Infraestrutura: Há um espaço para lanchar com mesas e bancos, parquinho para as crianças e banheiros.

Informações úteis: O Jardim Botânico funciona todos os dias de 8h a 17h e a entrada custa R$15,00 para residentes do Rio de Janeiro e R$24,00 para não moradores (setembro/2021). Confira mais detalhes e compre seu ingresso no site oficial do Jardim Botânico.

4. Parque Municipal da Catacumba

caminho de pedras cercado de árvores em Catacumba, um dos parques do rio de janeiro
Foto: Rodrigo Soldon

O Parque da Catacumba, é mais um dos parques do Rio de Janeiro na Zona Sul que você precisa conhecer!

Nele, há inúmeras árvores, plantas e uma trilha que leva a um mirante com uma vista maravilhosa para a Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Além disso, é um dos melhores para quem quer se aventurar ou está com crianças, pois há uma empresa que atua no parque com diversas atividades divertidas, como arvorismo, escalada e tirolesa. Para conferir os preços acesse o site oficial da Lagoa Aventuras.

Endereço: Av. Epitácio Pessoa, 3000 – Lagoa

Como chegar: Para quem vai utilizar o transporte público, recomendo ir de metrô e descer na estação Cantagalo. De lá, você precisa andar cerca de 15 minutos até o parque. 

Ideal para: Atividades de aventura, trilhas, piqueniques.

Infraestrutura: Há banheiro e bebedouro.

Informações úteis: O Parque Natural Municipal da Catacumba funciona de 8h às 17h de terça-feira a domingo e é mais um dos parques no Rio de Janeiro em que a entrada é gratuita.

Parques no Rio de Janeiro: Zona Central

5. Passeio Público

árvores e monumentos em Passeio Público, um dos parques no rio de janeiro
Foto: Halley Pacheco de Oliveira, CC BY-SA 4.0

Construído em 1783 por Mestre Valentim, artista famoso do Brasil Colonial, o Passeio Público é lar de lindas mangueiras, goiabeiras, coqueiros, ipês onde circulam beija-flores, sabiás,  bem-te-vis e muito mais!

Ele é um dos parques no Rio de Janeiro mais antigos, foi citado em diferentes livros, como nos de Machado de Assis e é ideal não só para quem quer observar a natureza, mas também para quem curte história, já que foi um dos principais pontos de encontro da população carioca dos séculos XVIII e XIX que ia até lá para passear, ler e namorar.

Além disso, estando por lá, você vai poder conferir bustos de figuras famosas como Chiquinha Gonzaga, Castro Alves, Olavo Bilac, Gonçalves Dias e do próprio Mestre Valentim. 

Endereço: Rua do Passeio – Centro

Como chegar: A melhor forma é de metrô, basta descer na estação da Cinelândia e andar por cerca de 4 minutos até o parque. 

Ideal para: Caminhar e observar árvores, animais, pirâmides, esculturas e chafarizes.

Infraestrutura: Não há banheiro/restaurantes, mas está perto de lojas e lanchonetes, e a poucos minutos de pontos turísticos famosos do Rio de Janeiro, como os Arcos da Lapa e a Escadaria Selarón. Por esse motivo, é uma boa combinar esse passeio com outras atrações. Você pode conferir algumas opções em: O que fazer no Centro do Rio.

Informações úteis: A entrada é gratuita e o parque funciona todos os dias das 9h às 17h.

6. Quinta da Boa Vista

lago verde cercado de árvores em quinta da boa vista, um dos parques no rio de janeiro
Foto: Rodrigo Soldon

A Quinta da Boa Vista é um dos parques do Rio de Janeiro mais visitados e é mais um para quem quer conhecer um pouco sobre a história da cidade e do Brasil, já que ele foi residência oficial da família real de 1808 até a Proclamação da República, em 1889.