24/06/2024 Por Bárbara Rocha

Se você acha que o Rio de Janeiro é apenas praias, prepare-se para se surpreender! Trilhas, mirantes, cachoeiras, bares para curtir a noite, parques, museus… a lista de o que fazer no Rio de Janeiro é infinita e, o melhor de tudo, muitas delas são gratuitas.

A cidade maravilhosa não ganhou esse apelido à toa: é um lugar que abraça a diversidade e oferece atrações para todos os gostos e estilos. Turistas do mundo inteiro vêm para cá o ano todo, e não é à toa que o Rio é uma das cidades mais visitadas do Brasil.

Eu mesma vivi muitos anos aqui e tenho um amor profundo por essa cidade, por isso, decidi compartilhar com você uma lista com 45 atrações incríveis (e acredite, ainda é pouco)!

Mesmo que você tenha bastante tempo para explorar a cidade, é difícil conhecer tudo. Até os próprios cariocas se surpreendem com algumas atrações e muitos nunca foram ao Cristo Redentor, por exemplo.

Mas não se preocupe, estou aqui para te ajudar a montar um roteiro inesquecível! Então, que tal explorar o Rio de Janeiro além das praias? Vamos juntos nessa aventura!

Mapa das atrações do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro, capital do estado homônimo, é a cidade mais famosa do Brasil no exterior e um dos principais destinos turísticos internacionais do país, conhecida como “Cidade Maravilhosa”. É importante não confundir a cidade com o estado: lugares como Arraial do Cabo, Cabo Frio, Angra dos Reis e Paraty estão no estado do Rio de Janeiro, mas não na cidade.

Confira abaixo o mapa do Rio de Janeiro com as atrações turísticas mencionadas neste texto:

Pontos Turísticos Clássicos (Zona Sul e Centro)

1. Cristo Redentor - O icônico símbolo do Rio.

Cristo Redentor
Do Cristo Redentor, localizado no morro do Corcovado, dá para ver quase toda a cidade maravilhosa

Se você está visitando o Rio pela primeira vez, o Cristo Redentor é parada obrigatória. Uma das 7 maravilhas do mundo e um dos principais pontos turísticos da cidade, o Cristo te receberá de braços abertos!

A estátua tem impressionantes 38 metros de altura. Além da grandiosidade da obra, você terá uma vista panorâmica espetacular da cidade.

Não esqueça de tirar muitas fotos! Uma pose clássica é com os braços abertos, imitando o Cristo.

Como chegar no Cristo Redentor?

  • Vans oficiais: Compre online no site Ingressos Paineiras Corcovado e escolha o ponto de embarque: Largo do Machado, Copacabana ou Paineiras Corcovado. As duas primeiras opções são acessíveis de metrô, enquanto a última é mais fácil para quem vai de carro (sem estacionamento para visitantes).
  • Trem do Corcovado: Os ingressos são vendidos no Ticket Corcovado. Além de transporte, o passeio oferece belas paisagens do Parque Nacional da Tijuca.
  • Trilha Parque Lage X Corcovado: Grátis, mas exige disposição para uma caminhada de 3 horas, incluindo trechos compartilhados com vans e trens. Para uma primeira visita, as outras opções são mais tranquilas.

2. Pão de Açúcar

teleférico branco e preto passando em cabos que conectam o topo de duas montanhas, no Rio de Janeiro
Foto: Sébastien Goldberg no Unsplash

Mais um dos cartões-postais do Rio, esse é um dos mais belos. E também tem uma vista deslumbrante (inclusive do Cristo)! A entrada é salgada, mas o passeio de bondinho que leva até o Pão de Açúcar é inesquecível, simplesmente um dos melhores passeios no RJ!

Confesso que deu um certo medinho ficar a sabe-se lá quantos metros acima do mar, dá aquele frio na barriga! Mas garanto que é  seguro…E quando você chega, entende porque vale tanto a pena!

Dos seus 396 metros de altura, a vista parece até uma pintura, você se pergunta se é mesmo real! Dá para conferir a Baía de Guanabara, as principais praias da cidade, a natureza da Floresta da Tijuca, e muitos prédios do centro do Rio. Simplesmente vá!

Como chegar no Pão de Açúcar?

  • Bondinho: É possível adquirir um ingresso no local ou através do site oficial do Bondinho
  • Tour: O Passeio do Rio oferece um tour, uma boa opção para quem quer conhecer o Pão de Açúcar e Cristo. Mas, indicamos só para quem prefere fazer o passeio com um guia de turismo.

3. Maracanã 

maracana
Maracanã já foi palco de grandes momentos do futebol brasileiro e mundial, mas também de shows musicais marcantes

Se você ama futebol, com certeza vai querer conhecer um dos estádios mais famosos do mundo. Dê um Google, durante a sua estadia, para descobrir se vai rolar alguma partida, assim você pode assistir a algum jogo. 

Mas, se não tiver acontecendo nada, você pode, ainda assim, fazer um tour que te leva a uma exposição permanente com uniformes, como um usado pelo Garrincha na Copa do Mundo de 1962, faixas e camisas do Zico, utilizadas no Flamengo, e marcas dos pés de jogadores como Roberto Dinamite e Pelé. Bem interessante.

Se não rolar nenhuma das duas e, mesmo assim, você estiver morrendo de vontade de ver um dos melhores pontos turísticos do Rio de Janeiro de perto, dê uma passada pela área externa, dá para tirar boas fotos!

  • Endereço: Av. Pres. Castelo Branco, Portão 3 – Maracanã.
  • Dica: Se for pesquisar no Maps, procure pelo nome oficial do estádio, que é Estádio Jornalista Mário Filho.

4. Copacabana

rio de janeiro
Passar o dia na praia, é um dos melhores passeios do rj

Conhecida como “Princesinha do Mar”, Copacabana é um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro e um famoso cartão-postal do Brasil.

A praia é famosa pelo Réveillon grandioso e é um dos melhores lugares para se hospedar no Rio de Janeiro. A combinação de boemia, história e cultura atrai muitos visitantes.

O calçadão, com pedras portuguesas em formato de ondas, é uma atração à parte. Bares e restaurantes são abundantes, mas os quiosques são mais econômicos.

A faixa de areia é sempre movimentada, ideal para tomar sol (não esqueça o protetor) e se refrescar no mar gelado. Vendedores ambulantes oferecem “bixcoito” e matte gelado.

Caminhe até o Forte de Copacabana no final da praia. A entrada custa cerca de R$ 10,00 (inteira) e  R$ 5,00 (meia-entrada) e inclui um museu do Exército, cafeterias, restaurantes e uma vista deslumbrante.

5. Pôr do sol no Arpoador

Pessoas na areia e no mar, em praia do Rio de Janeiro, durante o dia, um dos principais passeios do rj
Mesmo tendo muito o que fazer no Rio de Janeiro, você não pode deixar de passar em pelo menos um das praias

A Praia do Arpoador é um recanto aconchegante na Zona Sul Carioca, famosa pelo surfe, onde o esporte começou a se popularizar no Brasil.

A área de surf é pequena e fica próxima à pedra, enquanto o resto da praia tem águas tranquilas, quase como uma piscina natural. A praia é movimentada, com uma boa faixa de areia.

Muitas pessoas preferem as pedras ao redor da praia. Subir nelas é fácil e há bastante espaço para tomar sol. No topo, você terá uma vista incrível do mar e do Morro Dois Irmãos. Algumas pessoas mergulham dali, mas só se souber nadar bem.

O pôr do sol no Arpoador é um dos mais belos do Rio, atraindo aplausos da multidão.

6. Ipanema

Silhueta de pessoas jogando bola em areia de praia no Rio de Janeiro, durante o dia
Ipanema é uma das praias mais visitadas pelos cariocas - Foto: Tais Helena De Carvalho no Unsplash

Se busca um lugar mais tranquilo, ao lado do Arpoador está Ipanema, uma das melhores praias do Rio de Janeiro.

Caminhe pelo calçadão ou pela areia e você chegará à famosa Ipanema, celebrada na música “Garota de Ipanema” de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

O mar aqui é mais agitado em algumas partes, mas a extensa faixa de areia facilita encontrar um espaço para relaxar. Esportes como frescobol, vôlei, futebol e futevôlei são populares.

Nos domingos, a pista da orla é liberada para pedestres, ideal para correr, caminhar, andar de skate ou bicicleta (aluguel disponível). Visite também a Praça General Osório, próxima à praia, onde acontece a Feira Hippie com roupas, bijuterias, bolsas, quadros e chaveiros.

7. Praia Vermelha

teleférico branco e preto passando em cabos que conectam o topo de duas montanhas, no Rio de Janeiro, durante o dia
Praia vermelha tem bons quiosques para passar o tempo, beber e comer petiscos - Foto: Raphael Nogueira no Unsplash

Se você for ao Pão de Açúcar, um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro, dê uma passada nessa praia, que fica bem próxima, é só caminhar alguns minutos. Mas, ela é bem pequena, e o mar não é dos melhores entre as praias no RJ.

O que há de melhor é a vista que ela tem do morro da Urca, que é linda. Sente-se em um dos quiosques ou na areia, tome uma água de coco gelada, e relaxe!

Praias e Natureza (Zona Oeste)

8. Barra da Tijuca e Recreio

Vista área de Pôr do sol entre nuvens na praia da Barra da Tijuca, uma opção entre os passeios no rj
Praia da Barra da Tijuca é a maior do estado do Rio de Janeiro - Foto: Jônatas Tinoco no Unsplash

Barra da Tijuca

A Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, é um lugar especial para mim. Morei lá por mais de 30 anos, e posso garantir que é uma das melhores praias da cidade. Menos turística e mais tranquila, a Barra é perfeita para quem quer fugir das multidões. Para chegar, é só pegar o metrô até a estação Jardim Oceânico e caminhar 5 minutos até a praia.

A Barra é a maior praia do Rio e ótima para surfe, windsurfe, bodyboarding e pesca. É fácil encontrar um espacinho para estender a canga. Perto do metrô, os postos são mais cheios, mas se você caminhar um pouco, encontrará áreas mais tranquilas. Não deixe de experimentar o Biscoito Globo e o Matte Leão com limão que os vendedores ambulantes oferecem – são clássicos!

  • Dica: Caminhe até o fim da praia e você encontrará um píer extenso, ótimo para pesca ou simplesmente relaxar ao som das ondas. Perto do píer está o quebra-mar, onde o mar é mais calmo. No meio do caminho, você encontrará a Praia do Pepê, conhecida pelos quiosques e frequentada por surfistas, jovens e até celebridades como Romário, que adora jogar futevôlei por lá.
  • Como chegar: Pegue o metrô linha 4 e desça na estação Jardim Oceânico. De lá, caminhe até a praia do Pepê (cerca de 15 minutos) ou pegue um Uber.

Recreio

Logo depois da Praia da Barra, você encontra a Praia do Recreio, que tem uma vibe incrível. Se você gosta de nadar, essa é uma das melhores praias do Rio – as águas são limpíssimas!

Para quem prefere ficar na areia, o Recreio tem uma extensa faixa de areia, perfeita para praticar esportes como vôlei. Não é difícil encontrar uma rede para jogar. E para comer, a praia é cercada de quiosques com opções mais baratas que as outras praias.

Essas duas praias são perfeitas para quem quer curtir o mar, relaxar na areia ou praticar esportes, com a vantagem de serem menos movimentadas que as praias mais turísticas do Rio de Janeiro. Se tiver disposição, dá para visitar as duas no mesmo dia e aproveitar o melhor da Zona Oeste!

9. Reserva, Prainha e Grumari

Vista área do mar, areia e vegetação de Prainha, praia do Rio de Janeiro.
Nos quiosques próximos a prainha, você encontra sanduíches naturais, sucos e açaís (vale a pena experimentar!) - Foto: Vagner Alcantelado

Essas três praias oferecem diferentes experiências, desde tranquilidade até aventura, e são ótimas para quem quer fugir das praias mais movimentadas do Rio de Janeiro.

Reserva

Irmã da Prainha, a grande diferença da praia de Grumari, é que ela possui uma extensa faixa de areia, e é ainda mais bonita! 

A natureza aqui se faz presente em todos os cantos: na vegetação, no mar (que é limpíssimo) e nas pedras que a rodeiam. Sem dúvida, um dos lugares mais lindos entre os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Ela também é uma das praias do Rio de Janeiro bem procurada pelos surfistas, já que as ondas são fortes e grandes, mas a boa notícia é que não em toda a parte, em vários trechos o mar é calmo e raso, então, dá para mergulhar tranquilamente.

  • Como chegar: Não tem transporte público direto. Caminhe da Praia da Barra ou do Recreio, ou vá de carro.

Prainha

Cansado da agitação de Copacabana? A Prainha é o refúgio perfeito. Pequena, mas linda, com areia branquinha e rodeada por montanhas. É o point dos surfistas e da galera que curte natureza. Mesmo sendo um pouco distante, vale MUITO a pena visitar essa praia!

  • Dicas: Vá cedo, pois há limite de pessoas e carros, e o sol se esconde atrás das montanhas no meio da tarde. Nos quiosques, as melhores pedidas são sanduíche natural, açaí e suco.
  • Como chegar: É uma caminhada de 5 km do final do Recreio ou de carro.

Grumari

Irmã da Prainha, Grumari tem uma extensa faixa de areia e é ainda mais bonita. A natureza está por toda parte: na vegetação, no mar limpíssimo e nas pedras que a rodeiam. Popular entre surfistas, mas com áreas de mar calmo para famílias.

  • Dicas: Perfeita para surfistas e famílias. Chegue cedo para garantir lugar.

Dica Extra: Dá para visitar as três praias no mesmo dia, aproveitando a proximidade entre elas. Comece pela Reserva, siga para a Prainha e termine o dia em Grumari. É um roteiro perfeito para quem quer explorar as belezas naturais do Rio de Janeiro longe das multidões.

10. Barra de Guaratiba

Barra de Guaratiba casal viajando o mundo
Na praia de Barra de Guaratiba você encontra quiosques para experimentar ótimos peixes

A praia de Barra de Guaratiba fica em uma região de reserva ecológica e é famosa pelos ótimos restaurantes de frutos do mar, como o Tropicana e o Cantinho Legal da Tia Penha.

Por estar longe dos pontos turísticos principais do Rio de Janeiro, é mais frequentada por cariocas locais e amantes da aventura, sendo o ponto de partida para várias trilhas famosas.

Como chegar:

A praia pode ser acessada pelo bairro Barra de Guaratiba ou pela praia de Grumari, mas só se estiver de carro.

Dicas:

  • Tranquilidade e Natureza: Barra de Guaratiba é ideal para quem busca um local calmo e em contato com a natureza.
  • Trilhas e Passeios: Além das praias, há trilhas como a da Praia do Perigoso, passeios de barco e canoa.
  • Restaurantes: Aproveite para visitar os restaurantes de frutos do mar da região.
  • Vargem Grande: O bairro vizinho oferece cachoeiras, fazendas e passeios a cavalo.

Barra de Guaratiba e Vargem Grande são perfeitos para quem quer explorar lugares pouco turísticos e desfrutar de bons passeios no Rio de Janeiro.

11. Floresta da Tijuca

Mulher e homem caminham em estrada em Floresta da Tijuca, uma opção de passeio para quem procura o fazer no Rio de Janeiro
Floresta da Tijuca é uma das melhores opções entre os passeios do rj - Foto: Vagner Alcantelado

Quer se conectar com a natureza? A Floresta da Tijuca é uma das melhores opções no Rio de Janeiro! É uma das maiores florestas urbanas do mundo, cobrindo 15% da cidade.

O que fazer:

  • Trilhas
  • Cachoeiras
  • Grutas
  • Montanhas
  • Mirantes

A floresta tem diversos acessos, cada um ideal para diferentes atividades: caminhadas, observação de aves e plantas, e vistas panorâmicas. Se preferir, contrate um guia para um tour na Floresta da Tijuca, que pode durar o dia inteiro.

Como chegar:

Vá de ônibus ou carro. Consulte o guia do parque para endereços e linhas de ônibus de cada acesso.

12. Paineiras

Estrada asfaltada e molhada, com árvores ao redor, durante um dia nublado, em Alto da Boa Vista, no Rio de Janeiro
Pico da Tijuca, o Pico do Papagaio e a Cascatinha Taunay, são alguns dos atrativos da Floresta - Foto: Rodrigo Soldon Souza

A Estrada do Redentor, no Parque Nacional da Tijuca, é uma das vias de acesso ao Cristo Redentor.

Nos fins de semana, a estrada é fechada para carros, transformando-se em uma trilha de quase 9 km (ida e volta).

Atividades:

  • Caminhadas
  • Andar de bicicleta ou skate
  • Paradas nos mirantes para apreciar a vista

Dicas:

  • Roupas: Use roupas leves e roupa de banho por baixo, pois há quedas d’água ao longo do caminho para se refrescar.
  • Custo: A trilha é gratuita!

A Estrada do Redentor oferece um clima tranquilo e vistas incríveis, perfeito para um passeio relaxante no Rio de Janeiro.

13. Mesa do Imperador, Vista Chinesa e Cachoeira das Almas

Pessoas ao redor de construção em estilo chinês, um mirante no Rio de Janeiro com vista para o mar
Um dos principais mirantes do Rio, a Vista Chinesa foi construída no início do século XX - Foto: Halley Pacheco de Oliveira, CC BY-SA 3.0

Mesa do Imperador e Vista Chinesa

Uma trilha de 45 minutos conecta dois dos monumentos mais famosos da Floresta da Tijuca.

  • Mesa do Imperador: Antigamente usada por burgueses e nobres para receber Dom Pedro II, é um ótimo lugar para parar, sentar e apreciar a paisagem.

  • Vista Chinesa: A cerca de 1 km da Mesa do Imperador, este mirante oriental, construído no início do século 20, oferece uma vista impressionante do Morro Dois Irmãos, Pão de Açúcar, Lagoa Rodrigo de Freitas e mais. Passe um tempo admirando a vista e você pode ver alguns micos e macacos-prego (não alimente os animais, é proibido).

Endereço: Estrada da Vista Chinesa, s/nº, Alto da Boa Vista.

Cachoeira das Almas

Para quem busca atividades na natureza no Rio de Janeiro, a trilha da Cachoeira das Almas no Parque Nacional da Tijuca é uma ótima opção.

  • Trilha: A caminhada é leve e dura cerca de 30 minutos, dependendo do caminho escolhido (existem 3 opções, todas bem sinalizadas).

  • Cachoeira: Cercada pelo verde da Mata Atlântica, a cachoeira tem uma queda d’água de cerca de 4 metros. A água é gelada e o volume pode variar conforme a época do ano.

14. Pedra da Gávea, Pedra Bonita e Morro Dois Irmãos

Pedra da Gavea
Com mais de 842 metros de altura e ótima vista da cidade, Pedra da Gávea é um dos principais passeios do rj

Pedra da Gávea

A icônica Pedra da Gávea, parte da Floresta da Tijuca, é uma das montanhas à beira-mar mais altas do mundo, com 842 metros de altura. A trilha até o topo dura cerca de 3:30 horas e oferece uma vista deslumbrante do Rio de Janeiro.

  • A trilha é exigente. Recomenda-se fazer o passeio com um guia ou um local experiente.
  • Se perder é fácil, então leve um guia. Confira as opções através do site Nattrip.
  • Tenha um bom preparo físico.
Como chegar:
  • Bairro do Itanhangá: Vá até a Praça Desembargador Araújo Jorge. Continue pela Est. Do Joá até a Av. Fleming, chegando à Praça Professor Velho da Silva. Pegue a segunda saída, uma rua sem nome guardada por uma guarita. A trilha começa no final desta rua.

Pedra Bonita

A Pedra Bonita oferece uma das melhores vistas da Pedra da Gávea. A subida leva cerca de 40 minutos e é considerada tranquila, ideal para iniciantes.

Dicas:

  • Trilha: Leve água, há fontes pelo caminho.
  • Vista: No topo, a vista inclui as praias de São Conrado e Barra da Tijuca.
  • Rampa de Voo Livre: Alternativa para quem quer uma caminhada mais leve. A rampa oferece uma vista panorâmica e é um ponto de decolagem para asa delta.

Como chegar:

  • Carro ou táxi/Uber: Pegue a Estrada das Canoas na Gávea ou a Estrada da Pedra Bonita via Alto da Boa Vista. A subida é íngreme. Chegue cedo para garantir vaga no estacionamento.
  • Entrada: Na bifurcação de duas estradas, após a guarita.

Morro Dois Irmãos

A trilha do Morro Dois Irmãos começa na comunidade do Vidigal, agora pacificada, e oferece uma vista de 360° da zona sul do Rio de Janeiro.

Dicas:

  • Chegada: Vá de táxi, Uber, ônibus ou carro até a entrada do Vidigal. Não há estacionamento público, mas o Sheraton Grand Rio Hotel oferece uma opção paga.
  • Transporte local: Utilize moto-táxi para chegar ao início da trilha.
  • Trilha: A caminhada de 1,6 km leva cerca de 30-40 minutos.

Como chegar:

  • Vidigal: Chegue até a entrada da comunidade. Pegue um moto-táxi até o início da trilha para economizar energia.

15. Trilha Transcarioca

Vista panorâmica de árvores em flores, ao fundo, mar e montanhas da cidade do Rio de Janeiro, durante o dia
Trilha Transcarioca é ideal para os aventureiros e cruza a cidade de leste a oeste

Se você quer voltar à Zona Sul do Rio de Janeiro de uma maneira diferente e em contato com a natureza, a Trilha Transcarioca é uma ótima opção. Ela conecta Barra de Guaratiba, na Zona Oeste, ao Morro da Urca, sendo um passeio recomendado para os aventureiros!

Detalhes da trilha:

  • Extensão: 180 km
  • Trechos: 25 bem sinalizados
  • Flexibilidade: Faça todo o percurso ou apenas algumas seções, de acordo com sua aptidão e disponibilidade.

Dica:

Confira a trilha completa e encontre um guia para te acompanhar através do site Trilha Transcarioca.

Explore essa trilha e conheça o Rio de Janeiro de um ângulo completamente novo!

Mirantes e Vistas Panorâmicas

16. Mirante Dona Marta

Silhueta de montanhas vistas de mirante no topo da cidade do Rio de Janeiro, durante o pôr do sol
Mirante Dona Marta é dos pontos mais visitados da cidade do Rio de Janeiro - Foto: Gabriel Santos no Unsplash

Localizado a 360 metros de altitude, o Mirante Dona Marta é um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. É um ótimo lugar para visitar no mesmo dia em que você for ao Cristo Redentor, pois são próximos e a entrada é gratuita. A vista é linda a qualquer hora do dia, mas é ideal visitar em horários movimentados para maior segurança.

Como chegar ao Mirante Dona Marta:

  • Trilha: Cerca de 30 a 50 minutos pelo Santa Marta, recomendada com um guia especializado.
  • Uber/Táxi: Combine ida e volta com o motorista, já que alguns não aceitam a corrida por ser próximo a uma comunidade.
  • Carro próprio: Há vagas no local e estacionamento que custa cerca de R$2,00.
  • Van: Compre um pacote que inclua o transporte ao Cristo e ao mirante.

Aproveite o Mirante Dona Marta para uma vista incrível do Rio de Janeiro!

17. Mirante do Leblon

Pessoas em mirante observam mar, areia e construções ao redor de praia do Leblon, no Rio de Janeir
Quiosques em Mirante do Leblon são boas opções para comer petiscos, frutos do mar e drinks

Este é um dos mirantes mais fáceis de acessar entre os que listamos neste guia sobre o que fazer no Rio de Janeiro. Você pode ir de carro, ônibus, ou caminhando, se estiver pelo Leblon ou Ipanema, por exemplo. 

À beira-mar, ele tem uma vista para as praias da Zona sul, e ainda dá para ver o Cristo Redentor!

O lugar é bem tranquilo, seja de dia ou noite, e tem muitos quiosques. Vale comprar uma água de coco, ou uma cerveja gelada, e observar a beleza das ondas indo e vindo.

Passeios Especiais

18. Bonde de Santa Teresa

pessoas em bonde amarelo e azul em uma rua de Santa Teresa, bairro onde há muitos atrativos para quem busca o que fazer no Rio e Janeiro
Ainda na dúvida sobre o que fazer no Rio de Janeiro? Anota na lista: passeio nos bondes de Santa Teresa, é divertido e barato!

O bonde de Santa Teresa é um dos melhores passeios no RJ para quem quer conferir belas paisagens de um jeito diferente.

Em um bondinho amarelo, você vai percorrer trilhos do Centro do Rio até Santa Teresa para ver a cidade do Rio de Janeiro do alto e vai até passar por cima dos Arcos da Lapa!

Pelo caminho, há várias estações. Você pode descer em uma delas, como a do Largo do Guimarães, point de Santa Teresa com vários bares e restaurantes. Mas, se for fazer isso, pergunte antes de partir os horários do bonde, caso queira retornar com esse transporte. 

19. Voo de Asa Delta

o que fazer no rio de janeiro
Entre os passeios do rj, voo de asa delta é o mais emocionante

Voar de asa delta é uma experiência imperdível no Rio de Janeiro, permitindo que você veja a cidade de um ângulo completamente único.

Experiência:

  • Vista: Sobrevoe a Floresta da Tijuca, praias, e veja a cidade de cima, com os carros e prédios parecendo brinquedos.
  • Segurança: Você voa com um instrutor e recebe instruções para se sentir seguro antes do voo.
  • Rota: A decolagem é da rampa da Pedra Bonita e o pouso é na praia de São Conrado.
  • Duração: Aproximadamente 15 minutos de voo intenso e inesquecível.

20. Passeio de helicóptero 

Helicóptero cinza e preto sob céu nublado durante o dia, uma das opções de passeios do rj
Entre os passeios do RJ, esse é um dos mais caros, mas é perfeito para quem quer ver toda a cidade como emoção! - Foto: Antonio Lapa no Unsplash

Se você quer conhecer as paisagens do Rio de Janeiro sem fazer trilhas e não tem medo de altura, um passeio de helicóptero é uma opção incrível e oferece uma vista melhor que qualquer mirante.

Experiência:

  • Vista Privilegiada: Veja de perto o Cristo Redentor, praias como Recreio, Reserva, Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema, Arpoador, Copacabana, além da Pedra da Gávea, Pão de Açúcar, Jardim Botânico, e a Floresta da Tijuca.
  • Conforto: Desfrute de todas essas maravilhas no conforto do helicóptero.

Duração e Preço:

  • Duração: Os voos duram entre 15 a 30 minutos, dependendo do roteiro escolhido.
  • Preço: Varia de acordo com o roteiro e a duração.

Dica:

Embora seja um passeio caro, se estiver dentro do seu orçamento, vale cada centavo pela experiência única. Para mais detalhes e opções de roteiros, consulte a Rio2fly.

21. Passeio de Escuna Na Baía de Guanabara

Barcos no mar, durante dia nublado, ao fundo, há prédios e montanhas
Tour na Baía Guanabara é uma boa para conhecer com tranquilidade pontos turísticos e históricos do Rio de Janeiro - Foto: Alessandro Queiroz no Unsplash

Se você procura uma opção confortável e mais econômica para conhecer os pontos turísticos do Rio, o passeio de escuna é uma excelente escolha.

Experiência:

  • Roteiro: Saindo da Marina da Glória, você observará mais de 20 atrações, incluindo Urca, Pão de Açúcar, Praia do Flamengo, Museu do Amanhã e as praias de Niterói.
  • A Bordo: Dependendo da agência de turismo, pode haver churrasco liberado e open bar.
  • Dica: Faça o passeio à tarde para curtir o pôr do sol no retorno.

Informações Práticas:

  • Saída: Marina da Glória
  • Como chegar:
    • Carro/Táxi/Uber: Direto para a Marina da Glória.
    • Metrô: Desça na estação Glória e siga em direção ao Outeiro.
    • Ônibus: Consulte as linhas no site Vá de Ônibus.

Recomendações:

  • Agências: Confira opções pelo Saveiros ou diretamente na Marina da Glória.

Museus e Cultura (Centro)

22. Museu do Amanhã no Rio de Janeiro

Construção branca metálica, onde funciona o Museu do Amanhã, durante o dia, na Praça Mauá, onde há diversos atrativos para que procura o que fazer no Rio de Janeiro
Museu do amanhã apresenta exposições que estudam o futuro do mundo

Após explorar as belezas naturais do Rio de Janeiro, um passeio mais tranquilo e cultural é o Museu do Amanhã, localizado no Centro da cidade.

Experiência:

  • Exposições: Focadas em questões fundamentais como “De onde viemos?” e “Para onde vamos?”, as exposições abordam temas sobre o futuro da Terra e possíveis soluções para os problemas ambientais.
  • Interatividade: Embora a maioria das exposições exija leitura, há alguns jogos interativos. Pode ser uma boa opção para dias chuvosos.

Dicas:

  • Ingresso: Compre seu ingresso através do site Eventim.
  • Expectativa: Esteja preparado para muita leitura; pode não ser tão emocionante para quem prefere experiências mais interativas.

Como chegar ao Museu do Amanhã:

  • Ônibus: Confira as linhas no site Vá de Ônibus.
  • Trem: Desça na estação Central do Brasil e caminhe por 15 minutos ou pegue um VLT até a estação Santa Rita/Pretos Novos.
  • Metrô: Desça na estação Uruguaiana e caminhe por 15 minutos.

23. Museu de Arte do Rio

Edifício em estilo eclético, durante o dia, onde funciona o Museu de Arte do Rio, uma das opções entre os passeios o rj
Conhecido como MAR, o Museu de Arte do Rio apresenta exposições de artistas nacionais e internacionais

Em frente ao museu do amanhã, você encontra o Museu de Arte do Rio, uma boa alternativa ao planejar o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro.

Conhecido como MAR, onde há obras de artistas como Aleijadinho, Tarsila do Amaral, Guignard e Pancetti. Apesar de ser um tour rápido, tem muitas artes, da indígena à sacra, e dá pra aprender muita coisa, sobre diferentes culturas! Ao final, recomendo ir até o último andar, no terraço do MAR, que tem uma vista maneiríssima de todo o Centro do Rio.

24. Ilha Fiscal

Palácio verde e marrom em ilha do Rio de Janeiro, durante o dia, que funciona como museu
Passeio até à Ilha Fiscal é realizado com a escuna Nogueira da Gama e dura cerca de 10 minutos

Esse é um dos melhores passeios do RJ! Em uma escuna, que sai do Centro, na Praça Maúa, mesmo lugar onde ficam os 2 museus que citei acima, acompanhado de um guia, você vai até a Ilha Fiscal para conhecer um palacete. 

É como uma aula de história (se você fugia dessas aulas, melhor não ir), enquanto observa a arquitetura do lugar, basicamente um castelo, que parece um cenário daqueles de filme de princesas, você vai ouvir sobre a Segunda Guerra Mundial, a Proclamação da República, e por aí vai.

25. CCBB

Cúpula branca e marrom, parte de interior do edifício de Centro Cultural Branco do Brasil, durante o dia
Entre os passeios do RJ, CCBB é um dos melhores para quem curte Arte e História

Para quem ama história ou está procurando o que fazer no Rio de Janeiro em dias de chuva, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) é uma excelente opção. Localizado no centro da cidade, o CCBB ocupa um prédio histórico de 1906, que antes servia como sede do Banco do Brasil.

Exposições:

  • Rotativas: A cada mês, novas exposições chegam ao CCBB. Fique de olho no Instagram do CCBB RJ para atualizações (exposições de artistas como Dali e Picasso são comuns).
  • Fixas:
    • Dinheiro: Começa com um piso de vidro cheio de moedas. A exposição mostra notas históricas de várias partes do mundo, incluindo antigas notas brasileiras como a de 10 reais e a extinta nota de 1 real.
    • Mobiliário do Banco do Brasil: Exposição de móveis antigos, quadros e objetos históricos que foram usados no banco.

Outras Atrações:

  • Cinema e Teatro: Sempre com algo em cartaz e ingressos acessíveis.
  • Cafeterias: Incluindo a tradicional Confeitaria Colombo, perfeita para um café ou um doce.

Informações Práticas:

  • Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
  • Como chegar:
    • Metrô: Pegue a linha 1 ou 2, desça na Estação Carioca e caminhe pela Av. Primeiro de Março até o CCBB.
    • Alternativa: Desça na Estação Uruguaiana e caminhe pela Av. Presidente Vargas.

26. Palácio do Itamaraty

Palácio rosa, em frente a jardim com palmeiras imperiais e lago com patos, durante o dia em Museu Histórico e Diplomático do Itamaraty, no Centro do Rio de Janeiro
Visita guiada em Palácio do Itamaraty costuma funcionar apenas de segunda a sexta-feira

Também localizado no Centro do Rio de Janeiro, o Palácio do Itamaraty é uma visita imperdível para quem ama história. O prédio, que já foi sede do Ministério das Relações Exteriores, oferece uma rica experiência histórica com visitas guiadas.

O que ver:

  • História Detalhada: Visitas guiadas que cobrem a história do Palácio e do Brasil.
  • Interiores do Século XIX: Móveis, pinturas, cartas, mapas, atlas, globos, artes e esculturas.
  • Pátio: Um bonito jardim com palmeiras e uma lagoa cheia de patos.

Informações Práticas:

  • Entrada: Gratuita, mas o espaço funciona apenas de segunda a sexta-feira.
  • Endereço: Av. Marechal Floriano, 196 – Centro
  • Como chegar:
    • Metrô: Pegue a linha 1 ou 2 e desça na Estação Central ou Presidente Vargas.

Explore o Palácio do Itamaraty e mergulhe na rica história do Rio de Janeiro e do Brasil!

27. Theatro Municipal

Construção centenária com fachada dourada, onde funciona o teatro municipal, uma opção entre os passeios do rj
O Theatro Municipal, inaugurado em 1909, é uma das principais casas de espetáculo do Brasil e da América Latina

O Theatro Municipal, localizado no Centro do Rio de Janeiro, é um marco histórico e cultural. Construído em 1909, o teatro é famoso pelo seu letreiro dourado e arquitetura imponente.

O que ver:

  • Fachada: Mesmo que você não entre, a construção e o letreiro dourado são impressionantes.
  • Espetáculos: É uma das principais casas de espetáculo do Brasil, recebendo companhias de balé, artistas e orquestras renomadas.
  • Visitas Guiadas: Se não houver shows ou peças em cartaz, você pode fazer uma visita guiada para conhecer a história e o interior do teatro, incluindo o belo palco. O ingresso custa cerca de R$20,00 e deve ser comprado na bilheteria local.

Informações Práticas:

  • Endereço: Praça Floriano, S/N – Centro
  • Como chegar:
    • Metrô: Pegue a linha 1 ou 2 e desça na Estação Cinelândia, saída Av. Rio Branco.

Aproveite a visita ao Theatro Municipal para conhecer um dos pontos turísticos mais icônicos do Rio de Janeiro!

Parques e Jardins (Zona Sul)

28. Jardim Botânico

Bárbara Rocha, vestindo uma blusa laranja, sorri de cabeça erguida. Ao fundo, há o corredor de palmeiras imperiais do Jardim Botânico, um dos melhores passeios do rj
Jardim Botânico é uma boa opção para relaxar entre os passeios do rj - Foto: Vagner Alcantelado

Se você quer respirar ar puro e desfrutar da natureza, o Jardim Botânico é um dos passeios imperdíveis no Rio de Janeiro. Este parque é um dos melhores pontos turísticos da cidade, oferecendo uma rica variedade de flora e fauna.

O que ver:

  • Natureza: Orquídeas, bromélias, samambaias, a linda vitória-régia, cascatas, e muitos animais.
  • Corredor de Palmeiras: Ideal para fotos.
  • Árvore Sumaúma: Uma das maiores do jardim, com 43 metros de altura.
  • Museu do Meio Ambiente e Casa dos Pilões: Exposições sobre a história do país.

Dicas:

  • Preparação: Passe repelente e leve algumas comidinhas. Há mesas para piqueniques e um parquinho para crianças.
  • Café: Depois do passeio, tome um café no La Bicyclette, dentro do Jardim.

Informações Práticas:

  • Horário de Funcionamento: Todos os dias, das 8h às 17h.
  • Ingresso: Disponível na bilheteria (apenas em dinheiro) ou no site do Jardim Botânico.
  • Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico.

29. Parque Lage

Parque Lage
Pertinho o Jardim Botânico, o Parque Lage também está entre os melhores passeios do rj

Bem perto do Jardim Botânico, o Parque Lage é um patrimônio histórico e cultural do Rio de Janeiro, além de ser um dos mais belos cartões-postais da cidade. Este parque é uma excelente alternativa para quem busca o que fazer no Rio de Janeiro de graça.

O que ver e fazer:

  • Atrações Naturais: Jardins, grutas, cavernas, lagos e aquários, onde é possível ver muitos peixes, miquinhos e esquilos.
  • Trilhas: Para os aventureiros, há trilhas para caminhadas ecológicas, incluindo uma que leva ao Cristo Redentor.
  • Palacete: Visite as galerias de arte, tire fotos na piscina do pátio (sem mergulhar!) e coma no bistrô que oferece café, almoço e jantar.
  • Piquenique: Faça um piquenique em uma das áreas verdes, uma experiência super agradável.

Informações Práticas:

  • Endereço: Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico

30. Aterro do Flamengo

Pessoas caminhando em ciclovia, durante o dia, no Aterro do Flamengo, complexo de lazer da cidade do Rio de Janeiro
Aterro do Flamengo é um complexo de lazer do Rio, perfeito para atividades físicas, mas também para tirar ótimas fotos!

O Aterro do Flamengo, que se estende do Aeroporto Santos Dumont, passando pelo Centro até a Zona Sul, é um dos pontos mais bonitos do Rio de Janeiro e uma excelente opção gratuita de lazer.

O que fazer:

  • Atividades ao Ar Livre: Ideal para caminhadas, corridas, andar de bicicleta, skate ou patins. Há muito espaço para essas atividades.
  • Vista: Aproveite a vista incrível do Pão de Açúcar.
  • Praia: Embora o mar não seja próprio para banho, você pode caminhar pela praia e sentar na areia.

Dicas:

  • Segurança: Durante o dia, o local é seguro, mas evite à noite.
  • Piqueniques e Relaxamento: Há muitas áreas verdes onde você pode relaxar ou fazer um piquenique.

31. Bioparque

Corredor de palmeiras, durante o dia, localizado na Quinta da Boa Vista, um parque com diversos atrativos para quem procura o que fazer no Rio de Janeiro
Repleto de jardins, Quinta da Boavista é um dos maiores parques do Rio de Janeiro

Se você procura o que fazer no Rio de Janeiro com crianças ou ama os animais e quer vê-los de perto, pode visitar o Bioparque, localizado em São Cristóvão.

Diferente dos zoológicos, que não recomendo a visita, pois os animais ficam enjaulados, esse lugar é voltado para o bem-estar dos animais, com espaço adequado para cada espécie, desenvolve projetos de pesquisa para a conservação e tem foco em educar ambientalmente seus visitantes.

Além disso, há uma fazendinha que os pequenos vão amar, pois é possível acariciar e alimentar de forma supervisionada alguns bichinhos!

Para comprar seu ingresso para um dos melhores passeios no RJ, é só acessar o site do BioParque Rio.

  • Endereço: Parque da Quinta da Boa Vista S/N – São Cristóvão
  • Como chegar no Bioparque: Pegue um metrô sentido Linha 2, desça na estação de São Cristóvão, atravesse a rua e entre na Quinta da Boa Vista.

Áreas Urbanas e Cultura (Centro e Zona Sul)

32. Escadaria Selarón 

Pessoas conversam, durante o dia, em Escadaria Selarón, uma escada feita com azulejos coloridos, no Centro do Rio de Janeiro
Escadaria Selarón fica entre a rua Joaquim Silva, na Lapa, e a rua Pinto Martins, no bairro de Santa Teresa

Localizada no centro do Rio, bem perto da Lapa, a Escadaria Selarón é um dos principais pontos turísticos da cidade. Este colorido mosaico, criado pelo artista chileno Jorge Selarón, é famoso por seus mais de 250 degraus decorados com azulejos de diversas partes do Brasil e do mundo.

O que ver:

  • Azulejos: A escadaria reúne mais de 2 mil azulejos de diferentes países, incluindo cangurus da Austrália, trajes tradicionais da Eslovênia e paisagens desérticas da Jordânia.
  • Cenário de Clipes: A Escadaria Selarón já foi cenário de clipes famosos, como os da banda U2 e do rapper Snoop Dogg.
  • Fotos: Ideal para tirar fotos coloridas e vibrantes ou até mesmo fazer seu próprio clipe.

Dicas:

  • Paciência: Provavelmente você não vai olhar tudo com calma, mas vale a visita para tirar algumas fotos e apreciar a arte.
  • Custo: A visita é gratuita, perfeita para quem busca o que fazer no Rio de Janeiro sem gastar.

Como chegar:

  • Localização: No centro do Rio, perto da Lapa.
  • Transporte: Fácil acesso a pé se você estiver na Lapa, ou de metrô, descendo na estação mais próxima e caminhando até a escadaria.

33. Boulevard Olímpico

Grafites coloridos de "Todos Somos Um", um mural de 3 mil metros quadrados com pinturas que retratam pessoas de 5 tribos: Huli, Mursi, Kayin, Supi e Tapajós
Localizado no Boulevard Olímpico, Mural "Todos Somos Um", é um dos principais atrativos no Centro do Rio -Foto: Buzancar

O Boulevard Olímpico, localizado no Centro, é uma excelente opção gratuita para quem busca o que fazer no Rio de Janeiro. Fácil de acessar, fica próximo à rodoviária e ao Aeroporto Santos Dumont, com chegada facilitada pelo VLT.

O que ver e fazer:

  • História: O local tem um passado significativo como porta de entrada e moradia de escravos.
  • Museus e Atrações:
    • Museu de Arte do Rio (MAR)
    • Museu do Amanhã
    • Rio Star: A maior roda-gigante da América Latina
  • Atividades ao Ar Livre: Ideal para caminhadas, corridas, andar de bicicleta, patins e skate.
  • Mural Etnias: Um painel de 15 metros de altura com desenhos, perfeito para fotos.

Dicas:

  • Comida: Há muitas barraquinhas de rua com lanches e bebidas, além de bares e restaurantes na Rua Sacadura Cabral, a apenas 5 minutos do Boulevard.
  • O que esperar: Além das atrações mencionadas, o Boulevard é ótimo para atividades ao ar livre e fotografia, mas pode se tornar monótono se você não explorar os museus e outras atrações pagas.

Como chegar:

  • VLT: Pegue o VLT da rodoviária ou do Aeroporto Santos Dumont até o Boulevard Olímpico.
  • A pé ou Bicicleta: A área é muito acessível para pedestres e ciclistas.

34. Paquetá

Árvores e casas em frente a praia vazia em Paquetá, durante o dia, no Rio de Janeiro
Ilha de Paquetá, é mais um dos refúgios entre o agito da cidade do Rio de Janeiro

Estando no Centro do Rio, uma excelente opção de passeio é a Ilha de Paquetá, um bairro do Rio que só pode ser acessado de barca. Este é um dos melhores passeios para quem busca tranquilidade e um ritmo diferente da agitação da cidade.

O que ver e fazer:

  • Exploração: Praças, pontes, mirantes, praias e restaurantes.
  • Transporte: Carros não circulam na ilha, mas você pode alugar uma charrete ou bicicleta, além de caminhar para explorar.

Dicas:

  • Tempo: Reserve um dia inteiro para visitar Paquetá e explorar tudo com calma.
  • Tranquilidade: A ilha é muito tranquila e oferece um ambiente que parece uma cidade diferente, ideal para quem busca sossego.

Como chegar:

  • Barca: Embarque na estação das barcas na Praça XV, no Centro do Rio.
  • Acesso à Praça XV:
    • VLT: Desça na estação mais próxima da Praça XV.
    • Metrô: Desça na estação mais próxima e caminhe até a Praça XV.
    • Ônibus: Várias linhas passam pelo Centro.
    • Táxi/Uber: Peça para descer na Praça XV.
    • Carro: Estacione nas proximidades da Praça XV.

35. Lagoa Rodrigo de Freitas

Pessoas andam de pedalinho, durante o dia, em Lagoa Rodrigo de Freitas, um atrativo divertido entre os passeios do rj
Passeio de pedalinho na Lagoa Rodrigo de Freitas, é uma opção divertida entre os passeios do rj

A Lagoa Rodrigo de Freitas é um dos melhores lugares no Rio de Janeiro para se divertir ao ar livre. Se você gosta de caminhar, correr, pedalar, andar de skate, patins ou patinete, fazer um piquenique ou simplesmente relaxar no píer curtindo a paisagem, esse é o lugar perfeito. As crianças também vão adorar!

O que fazer:

  • Atividades ao Ar Livre: Caminhe, corra, ande de bicicleta, skate, patins ou patinete. Também é um ótimo lugar para piqueniques.
  • Passeio de Pedalinho: Alugue um pedalinho e dê uma volta na lagoa. Só cuidado para não se afastar muito e acabar sem energia para voltar.
  • Relaxar: Sente-se no píer ou em um quiosque e aproveite a tranquilidade da lagoa.
  • Parque da Catacumba: No parque, você pode fazer arvorismo, rapel e tirolesa com a Lagoa Aventuras. Também é ótimo para caminhadas, piqueniques e apreciar a natureza. Não perca as trilhas que levam a dois mirantes:

Dicas:

  • Nadar: Não é permitido nadar na lagoa.
  • Família: Um lugar perfeito para passeios em família, com muitas atividades para as crianças.
  • Trilhas: As trilhas no Parque da Catacumba são leves e duram entre 20-30 minutos.

Como chegar:

  • Carro: Há estacionamento próximo à lagoa.
  • Táxi/Uber: Fácil e conveniente.
  • Metrô:
    • Linha 1: Desça na Estação Cantagalo e caminhe em direção à Av. Epitácio Pessoa.
    • Linha 1: Desça na Estação General Osório e siga pelo acesso E.

36. Mureta da Urca

Pessoas caminham em calçada ao lado de muro baixo ao lado da Baía de Guanabara, conhecido como mureta da urca, uma opção para quem busca passeios do rj
Se você quer um espacinho na mureta da Urca para ver o pôr-do-sol enquanto toma uma cerveja gelada, chegue cedo! - Foto: Rodrigo Soldon

Se você quer tomar uma cervejinha gelada enquanto joga conversa fora, vá a Mureta da Urca. É lá que boa parte dos cariocas se reúnem para bater um papo.

Você encontra casais, família, amigos, mas muita gente sozinha também, só vai! O lugar é lindo e tem uma boa vista para a Baía de Guanabara. 

Recomendamos chegar cedo para apreciar o pôr do sol, é inesquecível! Para curtir a noite, você pode ficar pela mureta mesmo ou visitar um dos vários bares e restaurantes ao redor como o Bar Urca, Boteco Belmonte e Restaurante e Bar Garota da Urca.

Como fica na Urca, mesmo bairro da Praia Vermelha e do Pão de Açúcar, recomendo fazer esses passeios no RJ no mesmo dia.

37. Ilha da Gigóia

Vista aérea de barcos em lagoa, árvores e construções de Ilha da Gigóia, localizada na Barra da Tijuca, onde há boas opções de passeios do rj
Ilha da Gigóia é um refúgio em meio a agito do Rio de Janeiro

Se você está em busca de um lugar tranquilo no Rio de Janeiro, a Ilha da Gigóia, na Barra da Tijuca, é um verdadeiro achado. Apesar de ser mais visitada durante o dia, o local também é perfeito para curtir à noite. A dica é chegar no horário do pôr do sol para aproveitar ao máximo!

O que fazer:

  • Explorar: Dê um passeio pelas ruas da ilha, cheia de casas charmosas, pousadas e lojinhas. O clima aqui é diferente, quase como se você estivesse em uma cidadezinha do interior.
  • Comer e Beber: Relaxe em um dos bares ou restaurantes da ilha. Experimente frutos do mar fresquinhos, cerveja gelada e curta um sambinha animado com uma vista incrível. Entre as melhores opções estão o Deck Bar Ilha da Gigóia e o Bar Caiçara.

Como chegar:

  • Metrô: Pegue a linha 4 e desça na Estação Jardim Oceânico.
  • Táxi/Uber: Peça para ser deixado no deck da ilha, atrás do shopping Barra Point.
  • Balsa: Faça uma curta travessia pela lagoa para chegar à ilha.

Dicas:

  • Pôr do Sol: Tente chegar a tempo de ver o pôr do sol – é de tirar o fôlego!
  • Vibe: O local é seguro e tem uma vibe super tranquila, ideal para relaxar e esquecer a correria da cidade.

38. Pedra do Sal

Pedra do Sal, durante o dia, uma ladeira de pedra, patrimônio histórico e religioso, em frente a casas coloridas, no Centro do Rio e Janeiro
Para quem curte roda de samba e cerveja gelada, vale a pena visitar a Pedra do Sal no Centro do Rio

Se você está procurando um lugar animado para curtir a noite no Rio, a Pedra do Sal é um destino imperdível, especialmente se você estiver no Boulevard Olímpico – a caminhada de 10 minutos vale a pena!

O que esperar:

  • Samba e Alegria: Se você gosta de samba, vai adorar. A vibe é super alegre, com rodas de samba por toda parte.
  • Comida e Bebida: Muitas barracas vendendo comidinhas e bebidas a preços acessíveis. Prepare-se para comer bem e barato!

Dicas:

  • Tumulto: Se você não curte lugares cheios, talvez não seja a melhor opção. A Pedra do Sal é sempre bem movimentada.
  • Estrutura: Não espere luxo. As mesas e cadeiras são poucas, então esteja preparado para sentar nas escadas ou ficar em pé.

Alternativa Tranquila:

  • Largo da Prainha: Se quiser um lugar mais tranquilo, pertinho da Pedra do Sal está o Largo da Prainha. Lá você encontra bares e restaurantes bacanas como o Bafo da Prainha (considerado um dos melhores bares do mundo) e o Angu do Gomes (um dos restaurantes mais tradicionais do Rio).

Como chegar:

  • A pé: Se estiver no Boulevard Olímpico, é só uma caminhada de 10 minutos.
  • Táxi/Uber: Fácil e direto.
  • VLT ou Ônibus: Prático e acessível.

39. Lapa

Estrutura branca, de concreto, com 270 metros de comprimento, conhecida como Arcos da Lapa, um dos cartões postais do Rio de Janeiro
Arcos da Lapa são um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro - Felipe Restrepo Acosta, CC BY-SA 4.0

A Lapa é o lugar perfeito para curtir a noite no Rio de Janeiro. Você saberá que chegou ao ver os icônicos Arcos da Lapa, um dos cartões-postais da cidade.

Como chegar:

  • Transporte: Evite andar do Centro até a Lapa à noite. Pegue um táxi/Uber ou o VLT/Metrô até a estação Cinelândia. De lá, são só 5 minutos de caminhada até a Lapa.

Quando ir:

  • À noite: A Lapa só ganha vida depois que o sol se põe. Durante o dia, é bem tranquilo e muitos lugares estão fechados.

O que fazer:

  • Barracas de Comida e Bebida: Debaixo dos arcos, você encontra várias barracas vendendo de tudo – hambúrguer, pizza, pastel, cachorro-quente, caipirinhas e cervejas. É o point para quem quer gastar pouco e curtir a noite. Sempre lotado, especialmente nos fins de semana.

  • Bares e Restaurantes na Av. Mem de Sá: Passando os arcos, você chega à Av. Mem de Sá, cheia de bares e restaurantes. Pode ser um pouco mais caro, mas vale a pena:

    • Os Ximenes: Bar tradicional da Lapa com chope a R$6,00 e petiscos como batata frita.
    • Restaurante Bar Brasil: Pratos alemães e petiscos deliciosos. Prove o croquete de carne!
  • Baladas e Diversão:

Dicas:

  • Segurança: Use táxi/Uber ou transporte público para ir e voltar.
  • Horário: A Lapa só começa a ferver à noite, então chegue depois que escurecer.

40. Baixo Gávea

copos de vidro com cerveja em cima de mesa de madeira
Localizado na Gávea, bairro a zona sul do Rio, o BG é um point cheio de bares e restaurantes - Foto: Thais Do Rio

O Baixo Gávea, conhecido pelos cariocas como BG, é um point da zona sul do Rio, com alguns bares que vivem sempre cheios. 

É aquele lugar que a galera se reúne para ver jogos de futebol, para dar uma passada depois da faculdade ou do trabalho, mas também para curtir a noitada. Se você procura um lugar animado, anote-o na sua lista de o que fazer no Rio de Janeiro a noite.

Ele fica próximo ao Jardim Botânico e Parque Lage, por isso, ao montar seu roteiro de passeios no RJ, recomendo colocar esses lugares no mesmo dia.

41. Vidigal

Vista área e montanhas entre nuvens, e construções em cima de morros, durante o dia, no Rio de Janeiro
Vidigal é a comunidade mais famosa do Rio e tem diversos atrativos - Foto: Chensiyuan

Se você quer viver uma experiência autêntica no Rio de Janeiro, a favela do Vidigal é um lugar imperdível. Depois do programa de pacificação, o Vidigal se tornou um dos pontos mais seguros e badalados para curtir a noite na cidade.

O que fazer:

  • Bares com Vista e Música:
    • Bar da Laje: Esse bar é famoso pela vista incrível do Rio de Janeiro e pelos coquetéis deliciosos. É um ótimo lugar para relaxar e curtir a paisagem.
    • Alto Vidigal: Se você gosta de agito, esse é o lugar. Sempre cheio e com DJs animando as festas, é perfeito para quem quer dançar e se divertir a noite toda.

Como chegar:

  • Transporte: Vá de ônibus ou táxi/uber até a entrada do Vidigal.
  • Mototáxi: Ao chegar, pegue um mototáxi para subir até os bares sem precisar caminhar. É uma experiência super local e divertida.

Dicas:

  • Chegue antes do Pôr do Sol: Assim, você aproveita a vista espetacular do Rio de Janeiro com a luz do dia e vê o sol se pôr.
  • Segurança: Embora o Vidigal seja seguro, é sempre bom ir com amigos ou em grupos.

42. Arco do Teles

Arco colonial em rua de paralelepidedos, rodeada de construções coloridas, durante o dia, no Rio de Janeiro
Marco arquitetônico na história do Rio, o Arco do Teles fica na Praça XV de Novembro, no Centro - Foto: Ricardo Deutsch Junior

Outra alternativa para quem não sabe o que fazer no Rio de Janeiro a noite é o Arco do Teles, que está há 15 minutos da Lapa (vá de carro, táxi/uber). Tranquilo durante o dia, o local ganha vida ao anoitecer, com o burburinho das pessoas que chegam, e a música ao vivo.

Lá você encontra muitos bares e restaurantes excelentes! As melhores noites são as quintas e sextas-feiras, conhecidas como as noites de happy hour, quando você encontra mais moradores locais, do que turistas, já que a galera que trabalha por ali, passa por lá para relaxar e se divertir.

43. Feira de São Cristóvão

Bandeirinhas coloridas de festa junina enfeitam fachada de pavilhão onde funciona o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas
Entre os passeios do RJ, a Feira de São Cristóvão é um dos mais animados!

Se você quer uma noite animada que agrade a todos os gostos e idades, a Feira de São Cristóvão é o lugar certo. Esse pedacinho do Nordeste no Rio de Janeiro é perfeito para uma noite em família.

O que fazer:

  • Dança e Música:

    • Forró: Dance forró e sinta a energia nordestina.
    • Karaokês: Solte a voz nos karaokês espalhados pela feira.
    • Outros Ritmos: Se não gosta de forró, há espaços tocando rock, funk e pagode.
  • Comida e Bebida:

    • Comidas Típicas: Prove pratos nordestinos como carne de sol, acarajé e tapioca.
    • Outras Opções: Frutos do mar, pizza, sorvete, cachorro-quente, hambúrguer – tem de tudo!
  • Diversão para Crianças: As crianças vão adorar o pula-pula e outros brinquedos.

Dicas:

  • Energia e Barulho: O lugar é super animado e barulhento. Se você prefere silêncio, talvez não seja o melhor lugar.
  • Transporte: Vá de carro (há estacionamento), táxi/Uber ou ônibus – várias linhas param na porta.

Informações Práticas:

  • Endereço: Rua Campo de São Cristóvão S/N – São Cristóvão
  • Ingresso: Compre na bilheteria local (somente em dinheiro). Confira o valor e a programação no Instagram da Feira de São Cristóvão.

Eventos Imperdíveis

44. Réveillon no Rio de Janeiro

vista aérea de prédios às margens de mar e fogos de artifício iluminando o céu em noite de ano novo no rio de janeiro.
Réveillon em Copacabana é um dos melhores eventos do Rio de Janeiro

Se você quer uma noite inesquecível que agrade a todos os gostos e idades, o Réveillon no Rio de Janeiro é a escolha perfeita. Há muitas opções na cidade inteira, mas a nossa dica é a celebração de Ano Novo na Praia de Copacabana, que é uma das mais famosas do mundo e proporciona uma experiência mágica.

O que fazer:

Festa e Fogos de Artifício:

  • Queima de Fogos: À meia-noite, um espetáculo de fogos de artifício ilumina o céu e reflete no mar, criando uma vista de tirar o fôlego.
  • Shows ao Vivo: Diversos palcos ao longo da praia apresentam shows de música ao vivo, com artistas locais e internacionais.
  • DJs e Dança: Após os fogos, DJs animam a praia com música para todos os gostos, garantindo a festa até o amanhecer.

Comida e Bebida:

  • Barracas de Comida: Prove uma variedade de comidas, desde petiscos e lanches rápidos até pratos mais elaborados.
  • Bebidas: Bares e vendedores ambulantes oferecem desde refrigerantes até champanhe para brindar a chegada do novo ano.

Dicas:

  • Prepare-se com Antecedência: Hospedagem e voos ficam mais caros, então reserve o quanto antes.
  • Vista-se de Branco: É tradição usar roupas brancas para atrair boas energias para o novo ano.
  • Segurança e Pertences: Tenha cuidado com seus pertences e prefira usar roupas leves e confortáveis.

Transporte:

  • Chegada e Saída: Chegue cedo para garantir um bom lugar. Use transporte público, como metrô e ônibus, que operam durante toda a noite. Táxis e Ubers são opções, mas espere por tarifas mais altas devido à demanda.
  • Estacionamento: Se for de carro, saiba que o estacionamento é limitado e algumas ruas podem estar fechadas para o trânsito.

Informações Práticas:

  • Local: Praia de Copacabana, Rio de Janeiro
  • Ingresso: O evento na praia de Copa é sempre gratuito. É só verifique a programação oficial do Réveillon no Instagram da prefeitura do Rio de Janeiro e aproveitar!

45. Carnaval no Rio de Janeiro

durante o dia, homem com regata vermelha, tocando trompete em bloco de carnaval
Bloquinhos de rua agitam as ruas do Rio de Janeiro no carnaval - Foto: Ferran Feixas no Unsplash

Se você quer viver a alegria contagiante e vibrante do Rio, o Carnaval é a escolha perfeita. Celebrado por cinco dias consecutivos, geralmente em fevereiro, a cidade se transforma em um palco de festa e cultura.

O que fazer:

Desfiles e Festas:

  • Desfile das Escolas de Samba: Assista aos desfiles no Sambódromo, onde as escolas competem com carros alegóricos deslumbrantes e fantasias incríveis.
  • Blocos de Rua: Participe dos blocos de rua, que acontecem em vários bairros da cidade, trazendo música e dança para todos.

Música e Dança:

  • Samba: Sinta o ritmo contagiante do samba, com baterias e sambistas animando as ruas.
  • Outros Ritmos: Além do samba, você pode encontrar axé, funk e marchinhas de carnaval tocando por toda a cidade.

Comida e Bebida:

  • Comidas de Rua: Prove petiscos típicos de carnaval, como espetinhos, pastéis e sanduíches.
  • Bebidas: Aproveite as caipirinhas, cervejas e outras bebidas vendidas por ambulantes e em quiosques.

Diversão para Crianças:

  • Blocos Infantis: Leve os pequenos para os blocos de rua voltados para crianças, onde podem se fantasiar e curtir a festa em segurança.

Dicas:

  • Planeje com Antecedência: Reserve hospedagem e voos o mais cedo possível para evitar os altos preços.
  • Vista-se para a Festa: Use fantasias confortáveis e prepare-se para muita diversão e dança.
  • Segurança: Tenha cuidado com seus pertences e prefira estar em grupo, especialmente à noite.

Transporte:

  • Chegada e Saída: Use transporte público, como metrô e ônibus, que funcionam com horários especiais durante o Carnaval. Táxis e Ubers são opções, mas podem estar com tarifas dinâmicas.
  • Estacionamento: Se for de carro, saiba que muitas ruas podem estar fechadas para o trânsito, e o estacionamento é limitado.

Informações Práticas:

  • Local: Vários pontos da cidade, com destaque para o Sambódromo e os principais bairros do Rio de Janeiro.
  • Ingresso: Os desfiles no Sambódromo exigem ingressos, que podem ser comprados antecipadamente – é só ficar de olho no site da LIESA. Já os blocos de rua são gratuitos, basta acompanhar a agenda no site Blocos de Rua e curtir!

Onde ficar no Rio de Janeiro

piscina em terraço com vista para o mar em Miramar Hotel by Windsor uma opção de onde ficar no rio de janeiro
Foto divulgação: Miramar Hotel by Windsor

Antes de planejar o que fazer no Rio de Janeiro, é bom que você já escolha o seu hotel, para montar um roteiro com atrações pertinho da sua hospedagem.  

Copacabana, Ipanema, Barra da Tijuca e o Centro são os melhores lugares para ficar no Rio de Janeiro. Os três primeiros por terem praias lindas e o último por abrigar a rodoviária Novo Rio, o Aeroporto Santos Dumont, vários museus e estações de metrô, além de estar perto da famosa Lapa. Para entender melhor as vantagens e desvantagens de cada um leia nosso guia completo sobre onde ficar no Rio de Janeiro.

Prefere um resumo? Confira, abaixo, os hotéis preferidos de quem faz uma viagem pelo Rio de Janeiro – todas as opções estão bem localizadas e são bem avaliadas.

Hotéis no Rio de Janeiro com vista para o mar:

  • Presente em diversos filmes, séries e novelas, o Copacabana Palace é o hotel mais famoso do Rio de Janeiro e um dos melhores hotéis de luxo no Brasil. Aqui você vai dormir em suítes espaçosas (com banheiros revestidos em mármore e decoração cheia de obras de arte e móveis de época) e ter o privilégio de curtir uma vista panorâmica para o mar! Há também spa, uma piscina ao ar livre deliciosa e três restaurantes conceituados. Um verdadeiro sonho!
  • Também em Copacabana, mas com um preço muito mais acessível, está o Hotel Astoria Palace. Basta atravessar a rua e você vai estar na praia da “famosa princesinha”! A vista por aqui também é incrível: da piscina (localizada na cobertura), da suíte (algumas com banheira de hidromassagem) e até do restaurante dá para observar o mar. Outro destaque por aqui é o café da manhã: tem várias frutas, bolos, pães, sucos, pão de queijo e muito mais!

Hotéis no Rio de Janeiro perto da praia:

  • Localizado na famosa praia de Ipanema, com uma vista espetacular para o mar, o Hotel Fasano é um dos hotéis mais bonitos do Rio de Janeiro. Piscina de borda infinita, academia totalmente equipada (com vista para a praia!), um excelente buffet de café da manhã e restaurante famoso por oferecer o melhor da culinária italiana são só algumas das comodidades por aqui.
  • A apenas 3 minutos a pé da praia de Ipanema e da Estação de Metrô Nossa Senhora da Paz, o Ipanema Inn é um hotel aconchegante, perfeito para aproveitar umas férias relaxantes na praia. Eles oferecem um pequeno café da manhã continental (que você pode pedir para comer no seu quarto), um restaurante que serve vários pratos locais e um bar ótimo, que serve caipirinhas deliciosas – na hora do happy hour há desconto nas bebidas!

Hotéis baratos no Rio de Janeiro:

  • Recém-inaugurado, o Hotel Intercity Porto Maravilha é um hotel a poucos passos da rodoviária Novo Rio e de várias estações de VLT que conectam os principais pontos turísticos do Centro.Todos os quartos são limpinhos e organizados e ficam em andares altos, com uma janela panorâmica que revela uma ótima vista para o porto ou para Yup Star (a maior roda gigante da América Latina). Além da localização e do preço justo, a melhor parte é a cobertura, onde há uma boa piscina e vista 360º para a cidade e várias poltronas e mesinhas, ótimas para bater um papo e tomar uma cerveja durante o dia ou à noite.
  • Quer conhecer viajantes do mundo inteiro e economizar? Fique no Ipanema Beach House. Querinho pelos brasileiros e gringos, este hostel está pertinho da praia de Ipanema e da estação de metrô Nossa Senhora da Paz, e tem quartos compartilhados/duplos, uma boa piscina, churrasqueira e lavandaria.

Hotéis na Lapa RJ

  • Se você quer ter fácil acesso a diversos pontos turísticos e à vida noturna da Cidade Maravilhosa, o Vila Galé Rio de Janeiro é a melhor opção. No coração da Lapa, esse 4 estrelas, além da localização privilegiada, oferece um café da manhã delicioso (com estação de tapiocas/omeletes, quiche, ovos cozidos/mexidos, bacon, pães para todos os gostos e muito mais), uma piscina maravilhosa e quartos charmosos.
  • Para os viajantes solos, o Selina Lapa Rio de Janeiro é imperdível! Basicamente caos Arcos da Lapa, esse hostel oferece quartos compartilhados/privativos confortáveis, cozinha compartilhada, biblioteca, sala de cinema, barzinho com música ao vivo e muitas outras atrações para você interagir com a galera!

E aí, gostou de saber o que fazer no Rio de Janeiro? 

Ah! Antes de sair se liga nessa dica: em nossas viagens, reservamos todos os nossos hotéis com o booking.com e a gente recomenda que você faça o mesmo, já que, por meio desta plataforma, é possível ler as avaliações dos hóspedes anteriores e até cancelar a reserva gratuitamente (na maioria dos hotéis), caso os planos mudem.

Ainda tem alguma dúvida? Não deixe de enviá-la pelos comentários, nós ficaremos felizes em poder ajudar!

PLANEJE SUA TRIP
SEGURO VIAGEM

Tenha quem te socorrer nos perrengues. O voo atrasou, sua mala foi danificada ou sofreu algum acidente? O Seguros Promo garante sua indenização. Feche agora e com desconto o seguro ideal para sua viagem. 

PASSAGENS AÉREAS

Economize na passagem. Quer viajar mais? Com o Passagens Promo você encontra descontos imbatíveis em passagens áreas.

ACOMODAÇÃO

Durma no conforto, mesmo fora de casa.  Seja sua procura um hotel, apartamento, resort ou chalé, no Booking.com você encontra as acomodações mais baratas e mais confortáveis.  

ALUGUEL DE CARRO

Desbrave o destino escolhido. Se você quer quebrar barreiras, e aproveitar ao máximo o seu destino, alugue um carro com o melhor preço e com possibilidade de parcelamento em até 12x através do RentCars.

admin
ebook melhores momentos da vida 101 dicas 1
email

101 DICAS INCRÍVEIS E TRUQUES PARA VIAGEM

Quer embarcar nas nossas dicas? Então faz o check-in:

Você também poderá gostar de:

Salve as dicas no Pinterest

pinterest rio de janeiro