07/10/2021 Por Bárbara Rocha

O que fazer em Sana RJ

O Arraial do Sana é uma região de paz que se destaca na serra macaense. Mas você sabe o que fazer em Sana RJ? Nós listamos as 10 atrações imperdíveis deste refúgio no Rio de Janeiro, além de dicas de onde ficar e onde comer!

Conhecido como “Paraíso das Águas”, este vilarejo cercado por mata atlântica e cortado pelo Rio Sana, tem um clima agradável durante todo o ano e uma biodiversidade de se admirar. Sem contar o povo acolhedor e a energia revigorante, que faz os visitantes voltarem a Sana várias vezes, assim como nós!

Com uma vibe bem roots, o distrito de Macaé oferece tantos atrativos que fica até difícil escolher o que fazer por lá! Você pode se aventurar na natureza, relaxar nos riachos e campings, e ainda curtir o agito da noite com muita música boa.

waterfall

Quer saber mais sobre o que fazer em Sana RJ? Continue lendo esse post e saiba como aproveitar esse destino!

Por que visitar Sana

pedras, árvores e montanhas ao redor do Rio Sana
Foto: Shutterstock

O Sana vem sendo cada vez mais procurado por turistas, e não é à toa. O vilarejo é conhecido por suas matas, trilhas e, principalmente, suas lindas cachoeiras, dentro de uma grande área de preservação.

Desde atividades relaxantes à aventuras nas montanhas e rios, esse povoado atende aos mais diversos turistas.

Para quem busca o que fazer em Sana RJ durante o dia, além da biodiversidade, é possível visitar feirinhas de artesanato, que atraem os amantes da arte. 

Já de noite, há sempre um barzinho ou restaurante tocando música ao vivo e servindo comidas típicas da cidadezinha.

Resumindo, natureza, boa gastronomia, música e diversão tem de sobra por aqui! Ótimos motivos para visitá-lo, né?

Onde fica Sana, RJ

Esse lugar paradisíaco fica no município de Macaé, no estado do Rio de Janeiro. 

Ele é o 6º distrito da cidade, na região serrana, entre Nova Friburgo, Casimiro de Abreu e Trajano de Moraes.

Mais abaixo, depois da nossa lista sobre o que fazer em Sana RJ, vou explicar como chegar na região.

O que fazer em Sana

A lista de atividades para quem busca o que fazer em Sana é bem completa! 

Esse vilarejo não decepciona, especialmente no que diz respeito a atrações turísticas, disponíveis durante todos os dias para todos os gostos!

Separamos alguns dos principais programas que você não pode perder quando visitá-lo:

1. Cachoeiras do Sana

Cachoeira em Sana, uma ótima opção de atração para quem busca o que fazer em Sana RJ
Foto: Manoel Moraes Jr. on Flickr

Sem dúvida, as diversas cachoeiras e riachos que se tornaram pontos turísticos são as grandes estrelas de Sana RJ! Não é à toa que ele foi apelidado de “Paraíso das Águas”.

Há opções mais cheias e outras mais isoladas e desertas, para quem quer sossego. 

Foram essas que visitamos e podemos dizer: suas famas são merecidas, e valem a indicação.

Circuito das Águas

O Circuito das Águas tem as cachoeiras mais famosas e eram as mais movimentadas quando estivemos por lá. Ele é formado por 7 cachoeiras e tem uma trilha leve à moderada. 

As quedas d’água e poços têm diferentes níveis de dificuldade de acesso e diferentes atrativos. Mas com certeza você vai encontrar uma que te agrade!

Apesar do movimento, o ambiente é limpinho e organizado. Durante todo o caminho, vimos funcionários com radinhos trocando informações e monitorando o lugar para a segurança dos frequentadores. Além disso, as quedas mais radicais contam com instrutores e guias para prevenir qualquer acidente. 

Algumas das cachoeiras que mais gostamos no Circuito das Águas para quem procura o que fazer no Sana RJ:

Cachoeira do Escorrega, uma ótima atração pra quem busca o que fazer em Sana
Foto: Shutterstock

Cachoeira do Escorrega: Como o nome já diz, essa cachoeira tem um escorrega natural, formado por uma grande pedra lisa e escorregadia em declive. A diversão é certa para todos, o que faz do lugar uma parada obrigatória!

Como leva apenas 20 minutos para chegar até ela e o trajeto é muito bem sinalizado, é a ideal para quem está com as crianças.

Recanto das Borboletas: Essa cachoeira é a segunda que passamos na trilha do Circuito das Águas, mas seu acesso é mais complicado e por isso ela é menos frequentada.

Apesar do caminho por uma trilha cheia de pedras escorregadias, o esforço é bem retribuído pela água cristalina e refrescante dessa parada! Vale muito a aventura, e de quebra você vai encontrar várias borboletas.

Cachoeira da Mãe, uma ótima atração para quem busca o que fazer em Sana RJ
Foto: Shutterstock

Cachoeira da Mãe: Essas três próximas cachoeiras (da Mãe, do Filho e do Pai) ficam lado a lado e indicamos aos aventureiros. A Cachoeira da Mãe é a maior, com uma queda de 12 metros de altura que é encarada pelos mais radicais que saltam da pedra da mãe até o espelho d’água logo abaixo. 

Também é um ótimo lugar para quem só quer admirar a natureza e pegar um sol nas pedras! Descobrimos que o nome é pois viam nela uma semelhança com a imagem de Nossa Senhora, mãe de Jesus.

Cachoeira do Filho:  A Cachoeira do Filho fica entre a do Pai e da Mãe, o acesso à ela é mais perigoso por dentro da água da Cachoeira do Pai, por isso não é aconselhado a crianças e idosos. 

Essa queda d’água tem um grande tobogã que te leva direto ao poço da Cachoeira da Mãe por uma descida rápida e emocionante!

Cachoeira do Pai: A Cachoeira do Pai oferece uma vista incrível! Sua queda d’água é forte e tem aproximadamente 15 metros. Os visitantes mais corajosos podem saltar do alto das pedras em um poço bem fundo que fica entre as rochas.

Cachoeira das 7 pedras: Essa foi a nossa favorita! É a sétima cachoeira do circuito e tem esse nome porque a queda d’água passa por uma escadaria natural. 

Ainda é possível entrar em um tubo d’água por trás das quedas e renovar as energias numa posição privilegiada que não se tem todo dia, ou só tomar uma ducha e curtir uma massagem feita pelas águas. É revigorante! 

Apesar de não ter o acesso tão fácil, é bem movimentada e muito procurada pelos turistas durante feriados e alta temporada.

Dica: 

Recomendamos que comece o passeio pelas cachoeiras mais acima e só depois siga para as cachoeiras mais abaixo. Assim você completa a trilha chegando primeiro aos ambientes mais relaxantes e tranquilos, por serem as paradas mais distantes e complicadas, portanto, as com menos movimento.

Bom saber:

Existem outras opções de cachoeiras fora do Circuito das Águas que também valem a visita, como a Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira Fervedeira e o Complexo de Cachoeiras do Segredo.

Informações práticas – Circuito das Águas: 

O Circuito está aberto todos os dias, das 8h às 16h na parte superior e até às 17h na Cachoeira do Escorrega. 

O ingresso custa R$15 por pessoa. Idosos acima de 60 anos pagam meia. Moradores, deficientes físicos e crianças até 12 anos não pagam.

A taxa de estacionamento é de R$10, mas não é necessário ir de carro, você pode acessar a trilha tranquilamente a pé.

Confira os horários atuais, número para contato e regras de visitação no site oficial.

Endereço: Rua do Pombo – Sana, Macaé – RJ

2. Pico do Peito do Pombo

Pico do Peito do Pombo, uma ótima atração pra quem procura o que fazer me Sana RJ
Foto: Shutterstock

Essa é uma das maravilhas naturais do Sana RJ e uma das grandes atrações para quem busca o que fazer em Sana. Uma atividade para os mais ativos e para quem não tem medo de altura! 

O Pico do Peito do Pombo é uma formação rochosa, localizada a mais ou menos 1300m de altitude, que se assemelha à silhueta de um pombo pousado sobre a rocha.

Sua trilha é muito requisitada por montanhistas que vêm do Brasil inteiro para ver de pertinho a Pedra e ela não é para qualquer um, são mais de 3 horas de caminhada, com pequenas escaladas (há cordas para facilitar a subida). 

O caminho em meio a mata atlântica pode ser feito com condutores e atravessa cachoeiras e rios, onde os turistas param para descansar, relaxar e tomar água nos pontos de abastecimento de água potável. 

E, apesar de longa e cansativa, o desafio vale muito a pena. A vista do alto do pico é fantástica! De lá podemos avistar todo o litoral de Macaé, Rio das Ostras, Barra de São João, Búzios e Cabo Frio.

Dica:

Lembre-se de ir com roupas frescas, um bom tênis confortável, se proteja do sol e leve bastante água com lanches leves.

Se você quer fazer outras trilhas, algumas opções são: o Pico do Frade, a Travessia Bicuda x Sana e a Cabeceira do Sana.

Informações práticas: 

O horário de visitação é das 8h às 18h. 

A entrada é a mesma do Circuito das Águas (citado acima). Por isso, tem as mesmas regras do local. Mas não é necessário pagar a taxa de acesso para a trilha, apenas se quiser visitar as cachoeiras no caminho.

Confira as regras de visitação dessas e outras trilhas no site oficial.

Endereço: Rua do Pombo – Sana, Macaé – RJ

3. Jequitibá gigante

árvore jequitá sob céu azul
Foto: Jon Moore on Unplash

No centro, existe uma enorme jequitibá que não passa despercebida e por isso se tornou um patrimônio de Sana RJ! 

A árvore centenária pode ser vista de diversos pontos do vilarejo e chama atenção pelo seu grande tronco. 

Um exemplar da beleza e esplendor da natureza que não pode deixar de ser contemplado. Para lá para observá-la e fazer uma foto!

4. Vida noturna de Sana

pessoas segurando drinks fazem brinde
Foto: Fred Moon on Unplash

Em quarto na nossa lista sobre o que fazer em Sana RJ está um dos grandes atrativos turísticos do distrito de Macaé: a noite! 

A partir das 21h os bares e restaurantes do Centro ficam repletos de turistas e moradores. 

Imagina passar a noite conversando sobre o dia incrível no Paraíso das Águas, comendo uma deliciosa comida da região, bebendo e curtindo as bandas locais de reggae, samba, forró e até rock…Imaginou? Então