12/06/2024 Por Bárbara Rocha Alcantelado

Planejar o que fazer em Bangkok pode ser um desafio, especialmente quando o tempo é curto. Mas calma!

Vivemos em Bangkok por três meses e, apesar de inicialmente acharmos o clima meio barulhento e caótico, descobrimos lugares incríveis que nos ensinaram a amar essa cidade – e reunimos todas essas descobertas em um roteiro completissimo.

Esse roteiro está dividido em dias, priorizando as atrações que tornam Bangkok tão famosa, para você aproveitar ao máximo, seja em uma visita de um dia ou até cinco dias. Mas sinta-se à vontade para adaptar conforme o seu gosto!

icone tailandia

1º dia em Bangkok

  • Manhã: Navegue pelo Rio Chao Phraya
  • Tarde: Explore o Grande Palácio e Wat Pho, além de outros templos
  • Noite: Curta a vibe animada da Khao San Road

Manhã: Passeio de barco no Rio Chao Phraya

durante o dia, pessoas fazem turismo em Bangkok em barcos coloridos em rio
Rio Chao Phraya, um dos melhores passeios em Bangkok

Comece sua aventura em Bangkok com um passeio de barco pelo Rio Chao Phraya. Considerado um dos rios mais importantes da Tailândia, ele corta a capital, facilitando o acesso a vários pontos.

Por cerca de 20 baht, a partir de vários píeres, como o Sathorn, você pode explorá-lo em táxi aquático e apreciar a vista dos templos e edifícios históricos. É uma maneira relaxante de ver a cidade.

Para uma experiência mais personalizada, alugue um barco particular ou faça um cruzeiro com jantar. Os preços variam de 500 a 2000 baht. Nós optamos por um cruzeiro com jantar e foi maravilhoso! A vista da cidade iluminada é inesquecível.

Powered by GetYourGuide

Tarde: Grande Palácio e Wat Pho

durante o dia, pessoas caminhando em frente a um dos templos em Bangkok
Grande Palácio de Bangkok - Foto Nehal Patel na Unsplash

Depois de explorar o Rio Chao Phraya, nada melhor do que conhecer o Grande Palácio e o vizinho Wat Pho, dois dos templos mais emblemáticos de Bangkok.

Visite primeiro o Grande Palácio, um complexo histórico que foi a residência oficial dos reis da Tailândia. Você vai se surpreender com a beleza e os detalhes de cada construção. 

Mesmo que não seja possível entrar na maioria dos prédios, o passeio pelos templos ao ar livre e jardins já é incrível. O destaque é o Wat Phra Kaew, o templo do Buda de Esmeralda, o mais sagrado de Bangkok. Vale a pena tirar muitas fotos!

uma estátua de buda em interior de templo em Bangkok
Buda Reclinado em Wat Pho - Foto de Mario La Pergola na Unsplash

Depois, caminhe até o Wat Pho, famoso pelo seu enorme Buda Reclinado. O complexo é enorme e ocupa quase um quarteirão inteiro, então recomendamos reservar pelo menos 45 minutos para explorar tudo.

Ao final, aproveite uma autêntica massagem tailandesa na Escola de Massagem Tradicional Wat Pho Thai, que fica dentro do próprio Wat Pho. 

Só não se esqueça de se vestir de forma respeitosa, cobrindo ombros e pernas, para visitar esses templos. No Grande Palácio, você pode alugar roupas apropriadas, e no Wat Pho, eles emprestam sem custo.

Outros templos de Bangkok

durante o dia, diversos incensos acesos em cima de suporte em um templo em Bangkok
Foto: jly un na Unsplash

Bangkok é o paraíso dos templos e você vai encontrar muitos deles!

Se quiser aproveitar ainda mais esse dia na capital tailandesa, recomendamos muito que você também conheça esses dois lugares:

  • Wat Benchamabophit: Este templo está no verso da moeda de 5 baht. O mármore branco foi importado da Itália, misturando arquitetura europeia e tailandesa. No pátio, você encontra 53 imagens de Buda que mostram os mudras (gestos) e estilos históricos tailandeses. Entrada: 20 THB.
  • Wat Saket: Para os dispostos, subir os 344 degraus até o topo vale a pena pela vista incrível, especialmente no pôr do sol. O chedi dourado de 100 m de altura é impressionante. Entrada: 10 THB.

Noite: Khao San Road

durante o dia, pessoas e tuk-tuks em Khao San Road, uma lugar para quem busca o que fazer em Bangkok
Khao San Road, um dos melhores lugares onde ficar em Bangkok - Foto de Evan Krause no Unsplash

Poucos lugares em Bangkok são tão divertidos quanto a Khao San Road, a rua mais famosa da capital tailandesa.

Você já deve ter visto esse cenário em filmes como “A Praia” ou “Se Beber Não Case 2”. Toda aquela zoeira é real!

Barzinhos, restaurantes, 7-Elevens (24 horas), barraquinhas de comida exótica (como espetinho de escorpião), casas de massagem e restaurantes internacionais… tem de tudo! Adoramos a energia desse lugar!

Como a meca dos mochileiros, reúne viajantes do mundo inteiro e acomodações baratas.

A atmosfera é caótica, então evite se não gosta de multidões e barulho. Mas se você curte uma balada, é o lugar certo!

A dica é chegar por volta das 18h/19h, quando a rua fica mais animada. Explore lojinhas, faça amizades, prove comidas exóticas e beba. Amamos e indicamos o Brick Bar, escondido e frequentado pelos locais, com bebidas baratas e música ao vivo!

2º dia em Bangkok

  • Manhã: Explore um dos Mercados Flutuantes de Bangkok
  • Tarde: Descubra a Chinatown
  • Noite: Assista a uma Luta de Muay Thai no Estádio Rajadamnern

Manhã: Mercados Flutuantes

durante o dia, pessoas em barcos coloridos, em frente a mercados flutuantes de Bangkok
Damnoen Saduak Floating Market, o mercado flutuante mais famoso da Tailândia - Foto de Renee Kennedy na Unsplash

Os mercados flutuantes são uma parte essencial da cultura tailandesa e não podem ficar de fora do seu roteiro! Em todos, as “lojas” são barquinhos vendendo vegetais, frutas e comidas frescas. Há também restaurantes e barraquinhas ao redor dos canais.

Os principais são:

  • Damnoen Saduak Floating Market (1h20min do centro de Bangkok): O mais famoso entre os turistas.
  • Khlong Lat Mayom (1h15min do centro de Bangkok): Uma joia entre os locais, com comidas incríveis e preços acessíveis.
  • Thaling Chan (15 minutos do centro de Bangkok): Conhecido por itens artesanais e comida típica.

Seja qual for a sua escolha, chegue cedo para evitar multidões. O transporte público é eficiente para chegar lá. E, claro, prepare-se para uma manhã cheia de cheiros deliciosos e um ambiente caótico, com pessoas cozinhando e vendendo enquanto remam ao seu lado. Nós achamos incrível!

Tarde: Chinatown

durante entardecer, carros e pessoas passam em rua cercada por edifícios com placas coloridas e letreiros iluminados
Chinatown, o melhor lugar de Bangkok para ter experiências gastronômicas - Foto de Geoff Greenwood na Unsplash

Criada em 1782, a Chinatown é uma das áreas mais antigas da capital tailandesa e um dos melhores bairros para ter experiências gastronômicas. 

Como o nome entrega, esse lugar é um verdadeiro pedacinho da China em plena Bangkok, com muitos letreiros em mandarim, lojas que vendem diversas antiguidades, artigos de papelaria, roupas, entre outras bugigangas chinesas, e a melhor parte (na nossa opinião): uma comida que dificilmente vai encontrar em outros pontos turísticos de Bangkok. 

Embora Chinatown possa ser visitada em todos os horários, nossa dica é que, depois de passar a manhã conhecendo um dos mercados flutuantes, você descanse no seu hotel e só vá chegue na Chinatown por volta das 18h30, quando o mercado de comida de rua abre. 

Como essa é uma das nossas áreas favoritas (e definitivamente uma das coisas obrigatórias da lista de o que fazer em Bangkok) fizemos uma listinha do que amamos e você não pode perder:

  • Chinatown Gate: Também chamado de “Odeon Gate”, foi construído para celebrar o Rei Bhumibol da Tailândia e marca a entrada da Chinatown de Bangkok. A decoração é linda, super colorida e rende fotos maravilhosas.
  • Wat Traimit: O grande destaque desse templo é uma estátua dourada de 5,5 toneladas do Buda!
  • Mercado das Flores (Pak Khlong Talat): Simplesmente o maior mercado atacadista de flores de Bangkok. Aqui, você encontra diversas frutas e verduras frescas.
  • Sampeng Market: O mercado mais movimentado da Chinatown de Bangkok! É uma perdição para os que amam compras… você vai encontrar desde artesanatos chineses até bonecas da famosa Hello Kitty. 
  • Yaoworat Road: Essa rua ganha vida à noite, quando se transforma em um grande polo gastronômico. De cara, você pode achar um pouco confuso, mas permita-se se perder e provar as diversas comidas vendidas por aqui. Frutas exóticas, um sorvete de coco delicioso, dim sum, omelete de ostra… tem de tudo!
  • Sky View 360°: Quem prefere fugir do burburinho da rua, pode jantar nesse restaurante sofisticado, localizado no Grand China Hotel. O grande diferencial, além dos vários pratos tailandeses, japoneses e chineses, servidos com uma música ao vivo ao fundo, é a vista para Chinatown e para o rio Chao Phraya. Mas não é qualquer vista: esse restaurante faz um giro completo de 360º em cerca de 2h, mas mal dá para sentir o movimento.

Noite: Estádio Rajadamnern

lutador de muay thai soca e chuta o oponente em octódromo em Bangkok
Foto: Pablo Rebolledo no Unsplash

Ver uma luta de Muay Thai – esporte nacional da Tailândia que envolve o uso dos cotovelos, canelas, chutes e golpes giratórios – é uma experiência intensa e cultural que precisa fazer parte do seu roteiro. 

Para você ter uma ideia de como eles levam essa luta a sério, Bangkok tem mais de 200 Box Camps onde os lutadores treinam intensivamente.

O mais tradicional é o Estádio Rajadamnern, que recebe lutadores renomados. As lutas principais acontecem às segundas, quartas, quintas e domingos, e os ingressos custam de 1000 a 2000 baht.

A energia da plateia é contagiante e a técnica dos lutadores é impressionante. Adoramos cada minuto.

Consulte a programação no Instagram do Rajadamnern para saber se vai rolar alguma luta durante a sua visita. Vale muito a pena!

3º dia em Bangkok

  • Manhã: Visite o Chatuchak Weekend Market
  • Tarde: Conheça o Museu Nacional de Bangkok
  • Final da tarde: Relaxe no Parque Lumpini
  • Noite: Aproveite a noite bos bares de Soi Nana

Manhã: Chatuchak Weekend Market

durante o dia, pessoas fazendo turismo em Bangkok, caminham olhando vitrines de lojas
Chatuchak Weekend Market, o maior mercado a céu aberto da Tailândia - Foto de JJ Harrison, CC BY-SA 3.0

Não tem como criar uma lista sobre o que fazer em Bangkok sem incluir o Chatuchak Weekend Market, o maior mercado a céu aberto da Tailândia.

Com mais de 15 mil barraquinhas, ele é um verdadeiro labirinto, do tamanho de alguns campos de futebol, que fica sempre lotado – mais de 200 mil pessoas visitam todos os finais de semana!

E você encontra de tudo: roupas de grife autênticas e suas falsificações, bijuterias, mochilas, antiguidades, utensílios de cozinha…

Aproveite para pechinchar sem medo quando algo chamar sua atenção. Só lembre de usar sapatos confortáveis e roupas leves, pois você vai andar muito e o lugar é quente.

Além das compras, a praça de alimentação é enorme, com muitas barracas de comida excelente e barata. Vale a pena passar por lá para provar algumas iguarias!

  • Horário de funcionamento: O Chatuchak Weekend Market funciona às quartas e quintas, das 7h às 18h; sextas, das 18h à meia-noite; e aos sábados e domingos, das 9h às 18h.
  • Como chegar: Pegue o Skytrain (BTS) até a estação Mo Chit, saia pela saída n. 1 e siga a multidão até ver fileiras de barracas de lona vendendo roupas.

Tarde: Museu Nacional de Bangkok

plantas e canhões em frente a entrada de construção laranja e branca
Museu Nacional de Bangkok ​- Foto de Joyofmuseums, CC BY-SA 4.0

O Museu Nacional de Bangkok é um dos maiores do Sudeste Asiático e uma ótima oportunidade para mergulhar na cultura tailandesa.

O acervo é incrível, com instrumentos musicais, carruagens funerárias reais, esculturas de madeira, diversos budas (deitados, sentados, em pé), roupas, cerâmicas, armas e muitos outros itens.

Embora as placas não sejam muito detalhadas, os artefatos são bem interessantes. Recomendamos visitar às quartas e quintas-feiras às 9h30, quando são oferecidos passeios em inglês, que ajudam a entender melhor o contexto das peças.

  • Horário de funcionamento: De quarta a domingo, das 9h às 16h.
  • Preço: 200 THB.

Final da tarde: Parque Lumpini

Construção com colunas brancas e com telhado marrom em meio ao gramado e árvores do Parque Lumpini, localizado em Bangkok
Parque Lumpini, um ótimo lugar para relaxar em Bangkok - Foto de Ivan Nedelchev na Unsplash

Quem não gosta de uma pausa entre um passeio intenso e outro? No meio de tantas atividades em Bangkok, sugerimos uma parada para relaxar e curtir o ambiente super agradável do Parque Lumpini!

Conhecido como o “Central Park” de Bangkok, Lumpini é uma área verde que vale a visita, especialmente se você gosta de observar os locais. 

A qualquer hora do dia, você vai encontrar pessoas praticando esportes, caminhando, pedalando, fazendo tai chi ou apenas relaxando.

Se estiver lá às 18h, você ouvirá uma música nos alto-falantes. Todos param o que estão fazendo para prestar homenagem ao rei. Apenas faça o mesmo!

  • Horário de funcionamento: Todos os dias, das 4h30 às 21h.

Noite: Soi Nana

durante a noite, letreiro vermelho iluminado escrito 'bangkok bar'
Foto de Hanny Naibaho na Unsplash

Soi Nana é incrivelmente popular entre os jovens tailandeses e é uma das novas áreas mais legais de Bangkok para curtir a noite. Não deixe de visitar!

Mas não confunda com a área em Sukhumvit, conhecida pelo turismo sexual. A Soi Nana a que nos referimos fica perto da estação de trem em Chinatown.

Durante o dia, esta rua é cheia de galerias e cafés, mas à noite, se transforma com bares e pubs minúsculos. É um lugar cheio de arte e decoração hippie, perfeito para quem quer explorar a cena noturna local de Bangkok.

Nossos bares favoritos na Soi Nana são:

4º dia em Bangkok

  • Manhã: Relaxe na piscina do hotel
  • Tarde: Faça compras em shoppings
  • Noite: Faça um tour gastronômico
  • Final da noite: Tome drinks em um Rooftop bar

Manhã: Piscina do hotel

durante o dia, bárbara rocha, com chapéu branco, óculos de sol, vestido florido e sandália preta, caminha em frente a piscina de hotel em bangkok
Bárbara Rocha Alcantelado em um dos hotéis em Bangkok

Pode parecer óbvio, mas é necessário. Em uma cidade com tanto o que ver e fazer, às vezes esquecemos de relaxar. Após três dias intensos de passeios em Bangkok, você merece um descanso!

A dica é reservar um hotel em Bangkok com uma boa área de lazer, de preferência com piscina. Felizmente, opções para todos os orçamentos não faltam na capital.

Confira esses hotéis que recomendamos:

Tarde: Shoppings de Bangkok

Carros circulam em estrada, durante o dia, ao lado de Mbk Center, um grande shopping center em Bangkok
MBK Center, um dos melhores shoppings de Bangkok - Foto de shankar s

Depois de explorar os principais pontos turísticos de Bangkok, é hora de ir às compras! 

Além dos mercados que mencionamos, recomendamos visitar os shoppings, que em Bangkok são mais do que apenas lugares para compras – são verdadeiros centros sociais. Aqui, as pessoas comem, bebem, assistem a filmes, sentam em cafeterias e até jogam boliche.

Confira os melhores shoppings para fazer compras em Bangkok:

  • Terminal 21: Um dos shoppings mais legais de Bangkok. Tem como tema o aeroporto e cada andar representa uma região diferente do mundo. Tem Wi-fi grátis, restaurantes em todos os andares, cinema no último andar e uma das melhores praças de alimentação da cidade. Definitivamente, você precisa passar um tempo aqui!
  • MBK Center: Lugar ideal para encontrar roupas falsificadas, eletrônicos, filmes e softwares de computador. Há vários alfaiates, restaurantes e um cinema no último andar.
  • CentralWorld: O sexto maior complexo de compras do mundo! Repleto de lojas ocidentais, muitos bons restaurantes e um bar na cobertura. Foi reconstruído após ser incendiado durante os protestos em 2010.
  • Pantip Plaza: Precisa de computadores ou eletrônicos? Este é o lugar certo! Compramos todos os nossos equipamentos aqui. Existem grandes lojas de marcas e lojas que vendem mercadorias usadas.
  • Siam Paragon: Para roupas de marca e compras de luxo, este shopping oferece uma boa variedade de lojas, restaurantes e um cinema luxuoso. O aquário Siam Ocean World, o maior do Sudeste Asiático, está localizado no piso inferior – uma ótima atividade para a família. A praça de alimentação é grande, mas um pouco cara.
  • Emporium: Luxuoso, com uma grande loja de departamentos, livraria em inglês, lojas de roupa, cinema multiplex, praça de alimentação e muitos restaurantes de luxo.

Noite: Tour gastronômico

Pepino fatiado, cenoura, salada, macarrão e temperos em prato floral branco e azul ao lado de garfo, colher e hashis, em mesa de madeira de um restaurante em Bangkok
Foto de Markus Winkler na Unsplash

Bangkok tem tudo a ver com comida. Você nunca vai parar de comer coisas novas por aqui – a variedade é realmente impressionante!

Apesar de ser possível, tranquilamente, se aventurar por conta própria pelos restaurantes e mercados da cidade, achamos que vale fazer, ao menos, um tour gastronômico para apreciar o melhor da comida tailandesa de forma mais completa. Os guias costumam ser moradores locais e dão ótimas recomendações de pratos, além de ajudar a pechinchar!

Essas são as opções que fizemos e indicamos que você faça em sua viagem para Bangkok:

Powered by GetYourGuide

Final da noite: Rooftop bar

durante entardecer, vista aérea de mesas e cadeiras brancas em cobertura de hotel em Bangkok
Foto de Mighty Travels

Para fechar o quarto dia de passeios em Bangkok com chave de ouro, a dica é tomar alguns drinks em um rooftop bar. 

Esses bares nas coberturas oferecem vistas panorâmicas incríveis da cidade! Opções que recomendamos:

  • Lebua Rooftop Bar: Localizado na State Tower, um dos arranha-céus mais altos do mundo. Faça uma reserva e aproveite o traslado de ida e volta.
  • 82º Andar do Baiyoke: O restaurante mais alto de Bangkok, com vista 360º. Oferece jantar e um deque de observação.
  • Skybar at Sirocco: Fica no 63º andar do Dome at State Tower, famoso pelo filme “Se Beber, Não Case”.

5º dia em Bangkok

  • Manhã: Visite o Mercado do Trem Maeklong
  • Tarde: Aprecie a vista no MahaNakhon SkyWalk
  • Noite: Assista a um Ladyboy Show

Manhã: Mercado do Trem (Maeklong Railway Market)

durante o dia, pessoas observam trem passando em trilhos, cercado por barraquinhas de mercado de trem bangkok
Mercado do Trem - Foto de João. M.Elijah na Unsplash

Você já deve ter visto fotos ou vídeos do Mercado do Trem de Bangkok.

A cerca de 70 km do centro, este mercado é formado por várias barracas de feira nos trilhos do trem, que não são desativados! Todos os dias, mais de 8 trens passam por lá.

O mais interessante é ver como os vendedores agem rápido quando o trem está chegando. Eles recolhem tudo rapidamente para abrir caminho e, assim que o trem passa, o comércio volta ao normal em um piscar de olhos. Achamos a velocidade e eficiência  impressionantes.

Você consegue ouvir o trem se aproximando alguns minutos antes, a uma velocidade de cerca de 30 km/h. Muitos turistas atrapalham tentando fotografar ou filmar o movimento. A dica é seguir o exemplo dos vendedores: saia dos trilhos sem atrapalhar a retirada das mercadorias!

Depois, aproveite para experimentar os produtos vendidos lá. Há muitos doces, frutos do mar, frutas e bebidas deliciosas.

  • Como chegar: A maneira mais prática é pegar uma excursão, mas você também pode ir de transporte público. Pegue um trem até a estação de Maeklong e siga as indicações para o mercado.

Tarde/Noite: Mahanakhon SkyWalk

durante a noite, vista aérea de prédios e estradas iluminadas em bangkok
Foto de Waranont (Joe) na Unsplash

Inaugurado em 2016, o King Power MahaNakhon é um arranha-céu com uma arquitetura única que apresenta um espiral na lateral. Ele abriga a plataforma de observação mais alta da Tailândia, e rapidamente se tornou um dos pontos turísticos mais queridos de Bangkok.

Primeiro, você pode ir até o 74º andar em um elevador super rápido que faz o trajeto em 50 segundos. Lá, você terá uma vista 360º da cidade.

Depois, vá até o 78º andar para caminhar em um dos maiores pisos de vidro do mundo. A sensação é como se estivesse caminhando no ar, perfeita para tirar várias fotos incríveis! 

Mas atenção: não é recomendado para quem tem medo de altura!

Apesar da vista ser fantástica, especialmente à noite com a cidade toda iluminada, o ingresso é um pouco caro (cerca de 850 BHT).

Recomendamos esta atração se você ainda tiver orçamento depois de quatro dias cheios de passeios em Bangkok. Se preferir economizar, você pode gastar o valor do ingresso em um rooftop bar, como os que indicamos anteriormente.

Noite: Ladyboy Show

durante a noite, ator de lady boy show, usa chapéu com chifre, brincos e cordões coloridos
Foto de yns plt na Unsplash

Para encerrar sua viagem a Bangkok com chave de ouro, a dica é assistir a um show de ladyboy, que na verdade é um show de cabaré cheio de brilho, glamour e espetáculo – tudo o que você espera de um show de cabaré!

Um dos mais famosos e tradicionais é o Calypso Cabaret Show, conhecido pelo seu alto nível de produção.

Outra excelente opção é o GoldenDome Cabaret Show, sempre com performances impressionantes.

Onde ficar em Bangkok

durante entardecer, vista aérea de árvores ao redor de piscina em hotel em bangkok e, ao fundo, silhueta de prédios em frente ao mar
Foto divulgação: Anantara Riverside, um dos melhores hotéis em Bangkok

Agora que você já sabe o que fazer em Bangkok, é hora de decidir onde se hospedar. Com tantas opções, pode ser complicado, mas estamos aqui para ajudar!

Nossas áreas preferidas em Bangkok:

  • Khao San Road: Muitos albergues econômicos, perfeito para mochileiros.
  • Sathorn e Silom: Várias estações de Skytrain e metrô.
  • Sukhumvit: Excelente acesso ao transporte público e vida noturna animada.
  • Siam: Diversos shoppings e estações de Skytrain.

Para mais detalhes sobre cada área, confira nosso guia completo sobre onde ficar em Bangkok. Mas se você quer ir direto ao ponto, aqui estão os hotéis mais bem avaliados, divididos por categorias:

Luxo:

  • Anantara Riverside: Este hotel é tudo de bom! A piscina é incrível, o spa é perfeito para relaxar, há mais de 10 opções gastronômicas à beira do rio e os quartos são elegantes, com móveis modernos, varanda e banheira. E o melhor? Está a apenas 5 minutos de carro de uma estação de Skytrain. Super prático!
  • Mandarin Oriental: Mais uma opção que não deixa a desejar. As suítes são espetaculares, a piscina é uma delícia, e o spa oferece massagens e esfoliações com ervas. 

Custo x benefício:

  • Ibis Bangkok Siam: Este hotel é ótimo para quem busca conforto sem gastar muito. As suítes são aconchegantes, o café da manhã é bem servido, e a piscina é grande. E o melhor, está localizado no coração de Bangkok, ao lado do MBK Shopping Mall. Uma escolha excelente!
  • W22 by Burasari: Adoramos a vibe deste hotel! Os quartos são confortáveis, com móveis de madeira, e o bar na cobertura é perfeito para relaxar. A lavanderia e a área comum com mesa de sinuca são um plus. Fica ao lado de Soi Nana, perto dos melhores bares e baladas.

Econômico

  • The Pattern Boutique Hotel: Simples, mas super aconchegante e bem limpo, este hotel é uma ótima opção para quem deseja economizar. E a localização é ótima, perto de várias estações de metrô. 
  • Time Sabai 32: Um hostel charmoso e colorido, com dormitórios organizados e espaçosos. A equipe é super simpática e o café da manhã é delicioso. E a localização, pertinho da Chinatown, é ideal. Fizemos vários amigos por lá!

Onde comer em Bangkok

durante a noite, pessoas convernsando, comendo e bebendo em um dos restaurantes em Bangkok
Foto: Syed Ahmad na Unsplash

Como dissemos antes, Bangkok é um paraíso para os amantes da boa comida – e nunca é demais anotar mais alguns restaurantes no roteiro. Aqui estão alguns dos nossos lugares favoritos para você não perder:

  • Indus: Se você ama comida indiana, o Indus é um lugar imperdível. Super chique, com um design lindo e uma área externa perfeita para refeições ao ar livre. O frango Masala é um dos nossos pratos favoritos. A qualidade é excelente e o ambiente é incrível.
  • Restaurante Vegetariano de May Kaidee: Localizado perto da Khao San Road, este restaurante é famoso pela comida vegetariana tailandesa deliciosa. O curry Massaman e os rolinhos primavera são divinos. E se você quiser aprender a fazer essas delícias, eles também oferecem aulas de culinária durante o dia. Nós adoramos a experiência!
  • Isao: Um dos nossos restaurantes de sushi favoritos no mundo! Tudo aqui é delicioso, com um menu robusto e especialidades que mudam constantemente. O winter roll é algo que você não pode deixar de experimentar.
  • Thip Samai: Este lugar é conhecido por ter um dos melhores Pad Thais de Bangkok. E isso quer dizer muita coisa, já que Pad Thai é encontrado em todos os cantos da cidade. Fica a apenas 5 minutos a pé do Monte Dourado, então é fácil de incluir no seu roteiro.
  • Soi Rambuttri: No final da Soi Rambuttri, perto da rotatória, há uma série de barracas de rua que se tornaram bem populares. A comida é muito boa e recomendamos especialmente a sopa. É maravilhosa e perfeita para uma noite mais fresca.

Como se locomover em Bangkok

durante a noite, tuk tuks passando em rua iluminada de bangkok, uma das melhores cidades da tailandia
Ruas movimentadas de Bangkok - Foto de Florian Wehde no Unsplash

Felizmente, Bangkok oferece várias opções de transporte para facilitar a vida dos viajantes. Já anota para não se perder na hora de curtir todos esses passeios que indicamos:

  • Skytrain (BTS): O BTS é uma das maneiras mais rápidas e eficientes de se locomover em Bangkok, especialmente nos horários de pico. Com duas linhas principais, Sukhumvit Line e Silom Line, ele cobre a maioria das áreas turísticas e comerciais da cidade. Os bilhetes custam entre 16 e 59 baht, dependendo da distância percorrida. Você pode comprar bilhetes individuais ou adquirir um cartão recarregável Rabbit Card, que facilita a entrada e saída das estações.
  • Metrô (MRT): O MRT complementa o BTS, oferecendo cobertura adicional em áreas que o Skytrain não alcança, com as linhas Blue Line e Purple Line. As tarifas variam de 16 a 70 baht, com bilhetes disponíveis nas máquinas automáticas ou bilheterias nas estações.
  • Táxis: Táxis são abundantes e baratos em Bangkok. Mas certifique-se de que o motorista ligue o taxímetro ao iniciar a corrida. A tarifa inicial é de 35 baht, com acréscimo a cada quilômetro. Corridas no centro da cidade geralmente custam entre 100 e 200 baht, dependendo do trânsito.
  • Tuk-tuks: Os tuk-tuks são icônicos e divertidos para trajetos curtos, mas podem ser mais caros que os táxis. Negocie o preço antes de embarcar. As tarifas geralmente começam em torno de 100 baht para distâncias curtas, mas variam bastante.
  • Ônibus: Os ônibus são a forma mais barata de transporte público em Bangkok, embora possam ser complicados devido à falta de informações em inglês. As tarifas variam de 8 a 20 baht, dependendo do tipo de ônibus (ventilado, ar-condicionado, etc.).
  • Barcos: Os Barcos são ótimos para se locomover ao longo do rio Chao Phraya e dos canais (khlongs), oferecendo uma perspectiva única da cidade. Os barcos do Chao Phraya Express Boat custam entre 15 e 30 baht por viagem. Cruzeiros turísticos são mais caros.
  • Grab: O Grab é o equivalente ao Uber na Tailândia, oferecendo serviços de carro particular, táxi e moto-táxi. É conveniente e seguro, especialmente se você não fala tailandês. As tarifas são competitivas com os táxis regulares, e você pode ver o preço estimado antes de confirmar a corrida.

Dica de ouro: Nos horários de pico (das 7h às 9h e das 16h às 19h) o o trânsito em Bangkok é caótico, então, caso vá passear nesse horário, use o transporte público como o BTS e o MRT, que são rápidos, eficientes e evitam o tráfego intenso. E se for pegar táxi ou tuk-tuk, tenha sempre notas pequenas e moedas à mão, pois muitos motoristas não aceitam cartões de crédito.

Nossa experiência em Bangkok

Quer saber como foram nossas primeiras 24 horas em Bangkok? Confira o vídeo acima para ver um pouco das nossas aventuras pela capital tailandesa. 

Você vai ver a agitação dos tuk-tuks, nossas descobertas gastronômicas e a vibração noturna da Khao San Road. Aperta o play!

Gostou de saber o que fazer em Bangkok?

Como você pôde ver, as opções e variedade de passeios em Bangkok são quase infinitas e vão muito além dos templos, compras e trânsito. É, de fato, uma cidade que vai se revelando aos poucos, e a medida em que você começa a se afastar das áreas mais turísticas. 

Ainda tem alguma dúvida? Não deixe de enviá-la pelos comentários, nós ficaremos felizes em poder ajudar!

E, antes de sair, se liga nessa dica: em nossas viagens para Bangkok, reservamos todos os nossos hotéis com o booking.com e a gente recomenda que você faça o mesmo, já que, por meio desta plataforma, é possível ler as avaliações dos hóspedes anteriores e até cancelar a reserva gratuitamente (na maioria dos hotéis), caso os planos mudem. 

PLANEJE A TRIP
SEGURO VIAGEM

Tenha quem te socorrer nos perrengues. O voo atrasou, sua mala foi danificada ou sofreu algum acidente? O Seguros Promo garante sua indenização. Feche agora e com desconto o seguro ideal para sua viagem. 

PASSAGENS AÉREAS

Economize na passagem. Quer viajar mais? Com o Passagens Promo você encontra descontos imbatíveis em passagens áreas.

ACOMODAÇÃO

Durma no conforto, mesmo fora de casa.  Seja sua procura um hotel, apartamento, resort ou chalé, no Booking.com você encontra as acomodações mais baratas e mais confortáveis.  

ALUGUEL DE CARRO

Desbrave o destino escolhido. Se você quer quebrar barreiras, e aproveitar ao máximo o seu destino, alugue um carro com o melhor preço e com possibilidade de parcelamento em até 12x através do RentCars.

admin
ebook melhores momentos da vida 101 dicas 1

101 DICAS INCRÍVEIS E TRUQUES PARA VIAGEM

Quer embarcar nas nossas dicas? Então faz o check-in:

Salve as dicas no Pinterest

pinterest bangkok2