10/09/2021 Por Bárbara Rocha

Santuário animal

Você cresceu vendo filmes e desenhos sobre o reino animal, é apaixonado por eles, sonha em vê-los bem de pertinho e está procurando um destino em que possa conhecer a vida selvagem? Vá a um santuário animal. 

Em 2012, quando eu e o Vagner chegamos na Tailândia pela primeira vez, também sonhávamos em ver esses animais, como tigres e elefantes, bem de perto.

Mas nos deparamos com uma situação nada agradável: locais que permitiam que visitantes pegassem tigres bebês no colo, e ofereciam passeios com elefantes.

Não apoie esse tipo de turismo, procure locais que protegem e não que torturam os animais. 

Neste post, vamos indicar 9 santuários incríveis pelo mundo e como descobrir se um lugar é um verdadeiro santuário animal. 

homens sentados em banco em cima de elefante

Santuário animal: conheça os 9 mais maravilhosos pelo mundo

Felizmente, ainda é possível curtir a companhia dos animais de forma ética.

Alguns santuários pelo mundo estão fazendo um trabalho incrível, ajudando, protegendo e cuidando de animais ameaçados, abusados e feridos em todo o mundo.

Esses lugares oferecem um refúgio para a vida selvagem e são muito mais éticos do que zoológicos. Sua fé na humanidade será restaurada e será uma experiência especial visitá-los pessoalmente.

Quer saber mais? Confira 9 santuários incríveis para você visitar ao redor do mundo:

Santuário Animal no Brasil

1. Elefantes Brasil

O Elefantes Brasil é um santuário animal que oferece um vasto espaço para elefantes na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, para que eles se reconectem com a natureza, e recuperem não apenas o corpo, mas o espírito.

Ele não permite visitação no momento, mas vale a pena conferir online para você entender como esse trabalho funciona.

Pelo site e redes sociais, você pode conhecer e acompanhar a história de Maia, Rana, Lady, Mara e Bambi.

O santuário aceita doações, e tem planos de no futuro ter vagas para trabalhos voluntários.

elefante em Elefantes Brasil, um santuário animal no Brasil

Santuários de animais na Ásia

2. International Animal Rescue

Com sede na Indonésia e Índia, esse é um santuário animal que resgata e reabilita ursos, orangotangos , macacos  e outros animais.

Você pode conhecer uma das sedes através de trabalhos voluntários. Nenhuma experiência anterior é necessária, apenas disposição. Saiba mais sobre essas vagas no site oficial do Animal Rescue.

3. Animais da Ásia

Esse santuário, localizado na China, tem como objetivo fornecer um ambiente confortável para ursos resgatados, acabar com o sofrimento de animais selvagens em cativeiro e comércio de cães e gatos para alimentação no país.

Você pode se inscrever para trabalhos voluntários no site do Animais da Ásia.

Santuario animal: conheça 9 maravilhosos para visitar ao redor do mundo

Santuários de animais na América

4.O Santuário de Animais de Juliana

Localizado na Colômbia, esse é o primeiro santuário de animais de fazenda da América do Sul e é um espaço para animais considerados comida na maioria dos países, como porcos e vacas.

O objetivo, além de cuidar dos animais, é oferecer para população programas educacionais e oficinas de culinária vegana.

Você pode se inscrever no site oficial em um trabalho voluntário.

5.Santuário de Animais Black Pine

Localizado nos Estados Unidos, esse santuário animal de 18 acres é o lar de mais de 50 espécies animais. 

A missão deles é fornecer refúgio para animais exóticos desabrigados que foram criados em cativeiro e para educar as pessoas sobre o cuidado responsável e a conservação dos animais.

O Black Pine é aberto a visitas guiadas e também tem vagas para voluntariado, emprego e estágio.

Santuários de animais na Europa: 

6. Santuários de Animais Goodheart

O santuário Goodheart fica no Reino Unido, e fornece um lar para mais 300 animais, incluindo ovelhas, porcos, vacas, cabras e pássaros.

Veja no site oficial como visitar e quais os trabalhos voluntários disponíveis.

7. Wild Futures

Também no Reino Unido, esse santuário animal cuida do bem-estar de primatas há mais de 50 anos.

Eles oferecem vagas de trabalhos voluntários, e para se candidatar é necessário ter mais de 18 anos e saber falar inglês.

pano vermelho, azul, amarelo e branco em cima de elefante

Santuários de animais na África

8. Projet Gorille Fernan-Vaz

Com sede no Gabão, esse santuário animal oferece cuidados para os gorilas, vítimas da caça ilegal.

Ele está aberto a visitas, que incluem uma  palestra sobre conservação antes de cada visita, elas devem ser reservadas com antecedência. E, também é possível se voluntariar para trabalhar com os gorilas.

9. Centro de Conservação de Chimpanzés

Localizado na Guiné, na África Ocidental, o Centro de Conservação de Chimpanzés, fica no Parque Nacional Haut-Niger, e cuida de chimpanzés, que foram resgatados antes de serem vendidos como animais de estimação. 

É possível trabalhar como voluntário no santuário. Eles procuram pessoas que tenham 21 anos ou mais, falem francês básico, e estejam prontos para viver na floresta. 

Bônus: Como saber se um lugar é um verdadeiro santuário animal

Como dissemos lá no início, nos deparamos com situações nada agradáveis na Tailândia, e uma delas foi encontrar um filhote de elefante que passava o dia no sol acorrentado.

Ficamos chocados, extremamente tristes, mas não deixamos passar batido, arrumamos uma briga, mandamos e-mail para todo mundo que era possível, e conseguimos ajudar a tirar ele de lá.

Logo, descobrimos que essa era uma realidade comum no país, os elefantes passam por um processo cruel de domesticação chamado “quebra da alma”, apanhando, passando fome, sede, até que fiquem submissos. 

Sabe aqueles vídeos ou fotos em que alguém aparece montando tranquilamente em um elefante, e o animal parece super amigável?

 A realidade é que esse elefante aparentemente tranquilo, sem sombra de dúvidas, para dar essa permissão: foi torturado.

elefante em santuário animal

A boa notícia é que, com esses maus-tratos sendo descobertos pelas autoridades de preservação em todo o mundo, e com o assunto sendo cada vez mais exposto não só pela mídia, mas também por viajantes, esses animais agora estão sendo levados para santuários animais, como os que listamos acima.

Esses locais, tem como objetivo proteger os animais, mas nem sempre é bem assim. 

Muitas das empresas que antes promoviam esse tipo de turismo, usam o nome de santuário como fachada, e seguem com os maus tratos e oferecimento desse tipo de atividade. 

Por isso, mesmo em lugares que se dizem santuários, esteja sempre atento aos seguintes sinais:

porco em chiqueiro em um santuário animal

Como os animais são alojados?

Um verdadeiro santuário animal tem como objetivo fazer com que o animal se sinta em seu habitat natural, ou seja, o mais próximo possível da natureza.

Se eles estiverem presos em jaulas, gaiolas ou qualquer espaço minúsculo, já é um péssimo sinal. 

Em santuários de verdade, os animais devem ser observados em espaços livres, de preferência na natureza. 

Dependendo da espécie, ele deve ter espaço para explorar, escavar, correr, enfim, de acordo com o tipo de comportamento de cada animal.

chimpanzé come folha em santuário animal

Os visitantes podem tocar ou segurar animais?

A menos que você esteja realizando algum trabalho voluntário em um santuário animal (como nós já realizamos), você não deve de forma alguma ter permissão de interagir com esses animais.

Se há essa permissão, algo está errado.

A ideia dos santuários é que visitantes e animais tenham uma distância mínima e segura, para que você possa observá-los, mas sem estressar ou alterar o comportamento do animal.

Você não pode ter permissão de oferecer qualquer alimento como isca para se aproximar deles, ou tirar fotos.

Existe algum espetáculo com os animais?

Se existe alguma apresentação de música, mágica, teatro com algum animal, seja ela um leão, tigre, elefante, macaco: esse lugar certamente não é um santuário.

Da mesma forma, se existe algum espectáculo em que o animal aparece sozinho, em seu próprio espaço, e ele faz diversos truques que parecem ter sido ensinados, esse é um péssimo sinal.

casal viajando o mundo4

Como aqueles animais chegaram até ali?

Isso é, qual a verdadeira história desses animais? 

Um santuário animal de verdade tem com eles animais que foram vítimas de maus tratos, em circos, zoológicos de beira de estrada, agências de turismo, e outras indústrias.

Eles tem essa história na ponta da língua sobre cada animal, e estão prontos para contar, justamente para conscientizar os visitantes sobre como essas práticas são prejudiciais aos animais.

Se essas histórias não existem, há algo estranho, e esses animais podem ter sido negociados, ou retirados indevidamente de seu habitat.

Que tipo de enriquecimento ambiental é oferecido?

Além de ser um abrigo para os animais, os santuários devem oferecer reabilitação a esses animais.

Eles passaram por maus tratos, muitos deles por anos ficaram enjaulados e perderam seus institutos.

Por isso, o lugar precisa ter as necessidades desse animal como prioridade, isso é, oferecer estímulo físico e psicológico de acordo com cada espécie, para recuperá-los. 

Os chimpanzés precisam ter espaço para escalar, ursos precisam ter lagos ou piscinas para se banharem, e assim por diante.

O lugar não tem que ter como prioridade o conforto para os visitantes, e sim para os seus moradores, os animais. 

leão em grama em santuário animal

O santuário é credenciado?

Através da Federação Global de Santuários de Animais, é possível verificar se o santuário que você pretende visitar é credenciado.

Se sim, significa que esse lugar nunca vendeu animais, atende aos padrões de bem-estar animal, que vivem de maneira próxima ao seu habitat natural, em espaços  pacíficos, espaçosos e com membros de sua própria espécie.

Pronto para identificar santuários animais? Então você já pode conhecer algum deles.

Não encontrou por aqui um santuário para o destino que você vai viajar?

Faça uma busca no site da Federação Global de Santuários de Animais, lá você encontra mais de 150 santuários ao redor do mundo.

Se for um lugar fora dessa lista, lembre-se de ficar atento às características que um santuário deve ter. 

Não há problema algum em querer conhecer os animais de perto, e saber como eles vivem, o problema está em ultrapassar limites, achar que eles são modelos ou objetos.

Seja um viajante consciente, amigo dos animais.

Respeitar eles é respeitar a natureza! 

Ofereça sempre o que eles merecem: amor e carinho.
PLANEJE SUA TRIP
SEGURO VIAGEM

Tenha quem te socorrer nos perrengues. O voo atrasou, sua mala foi danificada ou sofreu algum acidente? O Seguros Promo garante sua indenização. Feche agora e com desconto o seguro ideal para sua viagem. 

PASSAGENS AÉREAS

Economizou na passagem. Quer viajar mais? Com o Passagens Promo você encontra descontos imbatíveis em passagens áreas.