Veja aqui o que já descobrimos sobre Bangkok
Share

Veja aqui o que já descobrimos sobre Bangkok

Veja aqui o que já descobrimos sobre Bangkok

Chegamos à Bangkok, a cidade onde tudo acontece!

Calorão, poluição, buzinas histéricas, veículos desenfreados e gente por todo canto. Jungle law: welcome back!

Nada disso iria impactar duas “crias” do Rio de Janeiro, não fosse o fato de termos passado os últimos 19 meses na Nova Zelândia, país com uma vibe totalmente oposta: pouquíssima gente (menos do que ovelhas), ritmo “lento quase parando”, ordem e calmaria.

Foram bons meses, durante os quais pudemos desligar o sinal de alerta e andar pelas ruas sem medo de de sermos roubados e com uma sensação de liberdade e tranquilidade poucas vezes experimentada. A paz que sentimos foi revigorante!

MAS… Como TUDO na vida é cíclico (e nunca ninguém está 100% satisfeito hehe), depois de um longo período de calmaria, até mesmo uma tempestade é bem-vinda! Sair da zona de conforto, ver coisas novas, experimentar… Viver!

Então estamos curtindo o “caos” e absorvendo todos os estímulos de Bangkok com olhos “infantis”, curiosos. Ou melhor, não queremos nem piscar para não deixarmos nada passar!

fotos (1 of 1)-2

A CIDADE

Bangkok é uma espécie de caricatura, onde tudo é exagerado e contrastante.

Pobreza e riqueza convivem lado a lado nos cerca de 50 distritos da metrópole. Centros comerciais super modernos dividem o espaço com prédios degradados, barracas e inferninhos que vendem de tudo: produtos originais e falsificações, comidas, pessoas e o que mais se imaginar.

É impossível morrer de tédio em Bangkok! A cidade tem ótima infra-estrutura e é lotada de restaurantes, shoppings, mercados, e opções de entretenimento, além da vida noturna ser uma das mais famosas do mundo… Nunca a expressão “cidade grande” se fez tão verdade como aqui!

fotos (3 of 3)

No pacote, estão todas as mazelas urbanas como poluição, barulho, taxistas desonestos, prostituição, inundações pelas chuvas, etc. Também não existe ordem no trânsito: motos, carros, ônibus, tuk tuks, pedestres, ciclistas e vendedores ambulantes lutam por espaço no melhor estilo salve-se quem puder!

Mas, apesar da confusão nervosa das ruas, não nos sentimos inseguros em momento algum.

fotos (1 of 1)

Algo que nos chamou atenção foi que, apesar de a Tailândia ter uma renda per capita menor do que a do Brasil e a do México, não há índices de violência urbana significativos. Aqui não parece existir tensão social, assalto, sequestro… Também quase não vimos mendigos e moradores de rua em Bangkok.

Estávamos com saudades de fazer coisas cotidianas, como malhar, ir ao salão, ao dentista, tomar uma cerveja no meio da rua, e de certa forma nos sentimos em casa por aqui.

O CLIMA

Bangkok tem um clima tropical, ou seja quente e húmido, com três estações: temperada, quente e chuvosa.

A estação considerada quente acabou há menos de dois meses atrás, então eu jurava que iríamos encontrar um clima no estilo do de Marrocos, tão quente que não daria pra deixar o hotel antes da 4 da tarde, mas não! A temperatura tem estado bem suportável, na casa dos 30 graus durante o dia, e um pouco mais fresco a noite. Fichinha pra que ta acostumado com o calorão do verão do Rio!

Estamos bem no meio da época das Monções (Junho a Outubro), no qual as chuvas ocorrem quase todos os dias no período da tarde, mas em geral não duram muito tempo.

O POVO

Um povo simples, de fala mansa, alegre e sorridente: os tailandeses são em sua maioria encantadores!

Cerca de 95% da população é budista e cultiva valores de não violência. Sem serem muito calorosos, são muito respeitadores, serenos e meigos em suas palavras e gestos.

fotos (1 of 1)-3

Viajar pelo país torna-se uma experiência muito tranquila e muito segura.

A língua tailandesa é difícil e estamos ainda penando até pra aprender palavras básicas, como “olá”(Sawadee), “obrigada” (Kob Khun Ka), “por favor” (Chuai) e “me desculpe (KhorThot Ka)”. Eles entendem e acham graça dos nossos sotaques (risos).

fotos (29 of 30)

COMIDA

Sou suspeita pois AMO comer!

Para mim, um dos pontos mais fortes (senão o principal) de qualquer viagem, é explorar a culinária local. Então estou no paraíso!

A culinária tailandesa consiste de muitos temperos e ingredientes diferentes.

Caracterizada pelo equilíbrio do sal, doce, picante e ácido, os pratos tailandeses encantam pela variedade de aromas, sabores e especiarias exóticas.

fotos (2 of 3)

Uma refeição clássica tailandesa é composta por peixe no vapor, sopa, molho picante, arroz, salada, curry de frango ou porco.

Além de boa, a comida é relativamente barata! Um prato de comida na rua sai por cerca 50 bhat, o equivalente a menos U$ 2.

fotos (3 of 7)

Bárbara Rocha

Bárbara Rocha

Melhores Momentos da vida - Nômades Digitais at Alcantelado & Rocha
Jornalista e produtora cultural, desistiu de esperar ser rica um dia para ir atrás do sonho de conhecer todos os países do mundo. Fanática por livros, gastronomia, música e filmes. É sócia da agência Alcantelado & Rocha e nômade digital.
Bárbara Rocha

Latest posts by Bárbara Rocha (see all)

Comentários

comments