Conheça as 9 grandes caminhadas da Nova Zelândia
Share

Conheça as 9 grandes caminhadas da Nova Zelândia

Grandes caminhadas da Nova Zelândia

A Nova Zelândia oferece uma quantidade imensa de trilhas espetaculares que dão acesso a áreas selvagens únicas e florestas tropicais virgens.

O trekking (ou tramping, como eles gostam de chamar por aqui) é uma das mais tradicionais expressões da paixão dos neozelandeses pelas atividades outdoor.

O país é recortado por uma imensa teia de trilhas, ideais para o tramping de todos os níveis. Muito bem sinalizadas e mantidas pelo Departamento de Conservação (DoC – Department of Conservation), essas trilhas permitem ao visitante conhecer o país de uma maneira única e alheia ao roteiro tradicional de turismo.

E tem opções para todos! Enquanto os mais aventureiros podem descobrir vales esculpidos por geleiras, ambientes de glaciares e vulcões ativos, os mais “calmos” podem explorar praias douradas, e outros locais de apelo cênico e interesse histórico e cultural.

Os parques nacionais

Embora existam oportunidades de exploração em todo o país , nove destinos são reconhecidos como mais importantes e foram designados “Grandes Caminhadas” pelo Departamento de Conservação (DOC) .

Variando em duração de dois a seis dias , as trilhas cobrem uma variedade de paisagens.

Todas as trilhas oferecem visitas guiadas e as reservas, que devem ser feitas por meio do site, do DOC são essenciais. A acomodação é geralmente em barracas ou alojamentos básicos, mas algumas caminhadas guiadas oferecem opções de luxo . A alta temporada começa em outubro ( final da primavera ) e dura até abril ( início de outono) .

As nove caminhadas incríveis pela Nova Zelândia incluem Abel Tasman Coast, Heaphy Track, Kepler Track, Lake Waikaremoana, Milford Track, Rakiura Track, Routeburn Track, Tongariro Northern Circuit e Whanganui Journey.


“Grandes Caminhadas”da Ilha Sul:

Cinco das “Grandes Caminhadas” da Nova Zelândia estão na Ilha do Sul, e uma sexta caminhada fica mais ao sul em Stewart Island.

[clear]

 

Milford Track

A Milford Track é indiscutivelmente a trilha mais famosa da Nova Zelândia. Visitantes podem passar quatro dias / três noites seguintes rotas Maori históricos através de uma paisagem dramática de vales cobertos de florestas , montanhas e fiordes íngremes do Lago Te Anau a Milford Sound. Por esta rota muito exigido , as reservas são necessárias com bastante antecedência , para tanto independente e passeios guiados .

[clear]

 

Routeburn Track

A trilha de Routeburn, outra trilha bastante famosa da Ilha do Sul, tem algumas das paisagens mais diversas: florestas, flora alpinas, lagos, diversas cachoeiras e vistas panorâmicas. A caminhada de três dias abrange 39 km (24 milhas).

[clear]

 

Kepler Track

A Kepler Track segue um ciclo que começa e termina no Parque Nacional de Fiordland em Te Anau. Leva quatro dias e atravessa floresta à beira do lago e pastagens abertas, com um dia de caminhadas ao longo dos cumes das montanhas acima da linha de mato.

[clear]

 

Rakiura Track

Stewart Island é a terceira maior ilha da Nova Zelândia, localizada 30 quilômetros ao sul da Ilha Sul, cruzando o Estreito de Foveaux. Mais de 85% da ilha é parte de um parque nacional, o que atrai a maioria dos visitantes que vão até Stewart Island com o propósito de caminhar e fazer trilha. A Rakiura Track é um mundo à parte; 36 quilômetros em um habitat que pouco mudou durante milhares de anos. Tem subidas suaves – nunca mais de 300m acima do nível do mar – e duas cabanas oferecem alojamento. Você encontrará um santuário de pássaros livre de predadores, sendo o único lugar do país onde é possível ver as aves kiwis (símbolo da Nova Zelândia) em seu habitat natural.

[clear]

 

Heaphy Track

A trilha de 82 km de Heaphy Track brinda o viajante com os contrastes da exuberante floresta, capins subalpinos, montanhas altas e robustas, finalizando com a floresta baixa e as praias de palmeiras para a prática de surfe. Esta caminhada leva cerca de cinco dias. A pista é acessível durante todo o ano, mas as neves do inverno pode fazer as seções mais altas frio.

[clear]

 

Abel Tasman Coastal Track

Fica no topo da Ilha Sul, perto da cidade de Nelson. O parque oferece ótimas praias, e granitos esculpidos pela ação do tempo nas encontas rochosas. Sua trilha mundialmente famosa percorre 50kmde praias de areia dourada. Pelo caminho, 5 cabanas do DOC e 21 campings oferecem a acomodação, mas o transporte do início ao fim da trilha tem que ser esquematizado com antecedência. Motueka, Kaiteriteri e Takaka são as vilas mais próximas, com ônibus regulares para o parque à partir de todas as cidades acima mensionadas.

[clear]

 


 

“Grandes Caminhadas”da ilha norte:

Há três “Grandes Caminhadas” na Ilha do Norte, são elas: Tongariro Crossing, Lago Waikaremoana Track e Whanganui Journey. Cada uma oferece uma paisagem diferente e desafios para os caminhantes energéticos.

[clear]

 

Tongariro Northern Circuit

O Circuito Norte Tongariro é uma trilha de looping que leva de três a quatro dias, começando e terminando no sopé do Monte Ruapehu. Poucos lugares se igualam às paisagens desta região vulcânica ativa com suas formações de lava, fumarolas, gêiseres e lagos minerais verde-esmeralda – o cenário foi usado pelo diretor Peter Jackson em algumas cenas de O Senhor dos Anéis. Altitude e condições climáticas significam que o circuito de Tongariro é melhor aproveitado de novembro a março. O Tongariro Crossing – uma seção do circuito – é um dos dias mais famosa da Nova Zelândia.

Cinegrafista amador, o neozelandês Bervan Percival resolveu transformar sua paixão por Tongariro em um vídeo com técnica time-lapse, rodando em 25 fotogramas por segundo.

[clear]

 

Lake-Waikaremoana-TrackLake Waikaremoana Track

O Lago Waikaremoana fica ao leste do planalto vulcânico central, em uma das regiões mais remotas do norte da ilha. A faixa de 46 km (28 milhas) circunda o lago, proporcionando um período de quatro a cinco dias de caminhada. Apesar de um dia de subida por uma encosta íngreme, a trilha segue um caminho suave a agradável pela floresta.

[clear]

 

Whanganui Journey

Considerada uma das “Grandes Caminhadas” da Nova Zelândia, a jornada do Whanganui é na verdade uma viagem de caiaque ou canoa de 145 km descendo o Rio Whanganui. A partir de Taumaranui, esta viagem leva cerca de cinco dias para ser concluída e proporciona uma experiência da história da Nova Zelândia. Por centenas de anos o rio Whanganui foi uma importante rota Maori, mais tarde, nos primeiros dias de ocupação européia, tornou-se uma rota para barcos a vapor.

[clear]

 

O que levar:

  • Alimentos, chocolate e bastante líquidos, especialmente em dias quentes e se você estiver indo fazer alguma trilha para qualquer um dos topos você vai precisar de muita água para se hidratar.
  • Capa de chuva e calças impermeáveis.
  • Grampos para sola das botas e poles para caminhada na neve.
  • Tênis ou botas acima do calcanhar, resistentes para caminhada em terreno irregular (no caso você estará caminhando em terreno vulcânico).
  • Roupas de lã ou de polipropileno, luvas, touca de lã, cachecol, polainas, protetor solar (inverno).
  • Protetor solar, boné e óculos de sol (verão).
  • Kit pessoal de primeiros socorros.
  • Mapa e bussola.
  • Máquina fotográfica e relógio.
  • Telefone celular (com bateria carregada).

 

Fotos Ilustrativas Google imagens – Autores desconhecidos

Bárbara Rocha

Bárbara Rocha

Melhores Momentos da vida - Nômades Digitais at Alcantelado & Rocha
Jornalista e produtora cultural, desistiu de esperar ser rica um dia para ir atrás do sonho de conhecer todos os países do mundo. Fanática por livros, gastronomia, música e filmes. É sócia da agência Alcantelado & Rocha e nômade digital.
Bárbara Rocha

Latest posts by Bárbara Rocha (see all)

Comentários

comments

Comments

No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.