Share

As grutas de Waitomo e sua beleza milenar

As grutas de Waitomo e sua beleza milenar.

Waitomo… Está aí um dos lugares que não tínhamos grandes expectativas, mas acabou surpreendendo positivamente por sua beleza. A NZ tem disso o tempo todo!

Começamos ontem a explorar a região! Fizemos nossa expedição nas profundezas negras da caverna Ruakuri, uma experiência única e que merece um post único (em seguida).

São mais de quarenta quilômetros de cavernas que se escondem no subterrâneo da cidade de Waitomo. Dizem que as cavernas começaram a se formar há mais de 30 milhões de anos, através do acúmulo do calcário vindo do fundo do oceano. Tem caverna de todos os tipos, de todas as modalidades e para todas as idades!

As principais cavernas são a Caverna de Waitomo, a Caverna de Ruakuri, a Caverna de Aranui e a Caverna de Gardner.

Visitamos a Aranui Cave, que não tem água ou rios e que anda-se a pé em seu interior. Os pontos altos são os estalactites e estalagmites, considerados os mais delicados do mundo.

A caverna impressiona pela beleza! Paredes, teto e chão exibem obras de valor inestimável, brancas ou rosas, criadas ao longo dos milhões de anos de contato entre a água subterrânea e as camadas de calcário.

Durante cerca de uma hora, pode-se observar grandes colunas e estalactites tão finas que parecem fios de gelo. Muitos deles foram quebrados no passado, quando a caverna não era fechada. Hoje só se entra em visitas guiadas.

Visitamos também a Glowworm Cave, bem menor que a Aranui, mas que chama a atenção pelos bichinhos. Arachnocampa Luminosa ou Glow Worm para os íntimos, é uma larva que vive em cavernas, só encontradas na Nova Zelândia. São bem pequenas, e vivem penduradas no teto, numa espécie de fio quase invisível.

Para atrair o jantar, quimicamente produzem uma luz, e isso atrai mosquitos inocentes, que acham que estão vendo o céu e a saída da caverna, mas acabam nos braços dos Glow Worms.

Este efeito luminoso é o grande barato de tudo! Em contraste com a escuridão faz lembrar uma noite estrelada!

Essas cavernas são bem escuras e com uma acústica incrível, inclusive o guia disse que em datas especiais tem violinistas e etc… Já pensou?!

Por último, entramos nos barco e fizemos a parte aquática do passeio. Nesta hora todos ficaram em silêncio, no escuro, só olhando para o teto e vendo aquela multidão de glowworms… Simplesmente maravilhoso e só isso já vale o passeio!

Bárbara Rocha

Bárbara Rocha

Melhores Momentos da vida - Nômades Digitais at Alcantelado & Rocha
Jornalista e produtora cultural, desistiu de esperar ser rica um dia para ir atrás do sonho de conhecer todos os países do mundo. Fanática por livros, gastronomia, música e filmes. É sócia da agência Alcantelado & Rocha e nômade digital.
Bárbara Rocha

Latest posts by Bárbara Rocha (see all)

Comentários

comments

Comments

No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write comment

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.